Rádios On-line
11339

Capital prevê mais leitos para enfrentar epidemia de dengue

Com mais de cinco mil casos notificados de dengue neste ano em Campo Grande, a rede de saúde do município terá reforço de mais 20 leitos para internação de pacientes com a doença considerados em estado grave

20 NOV 2012 - 13h:20Por Redação

Com mais de cinco mil casos notificados de dengue neste ano em Campo Grande, a rede de saúde do município terá reforço de mais 20 leitos para internação de pacientes com a doença considerados em estado grave.

Em relação ao verão passado, haverá aumento de 15,6% no número de leitos reservados para enfrentar uma provável epidemia.

O risco da explosão no número de doentes é grande em decorrência da notificação do vírus tipo 4, para o qual a maior parte da população não está imune.

A rede de atendimento hospitalar ampliará para 148 o número de leitos disponíveis para esse tipo de atendimento.

A medida consta do Plano de Contingência para Situação de Epidemia de Dengue referente ao período 2012-2013, que foi aprovado na semana passada pelo Conselho Municipal de Saúde, prevendo série de ações na assistência aos pacientes, controle do mosquito e monitoramento permanente da dengue no município até agosto do ano que vem. 

De acordo com a secretária municipal adjunta de Saúde, Ana Lúcia Lyrio de Oliveira, os novos leitos de internação são do Hospital São Julião, que juntamente com o Hospital Dia municipal (situado no complexo da Unidade de Pronto Atendimento Nova Bahia), funcionam como referência para atendimento a casos graves da doença na cidade.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13