Rádios On-line
LEVANTAMENTO

Cinco bairros de Três Lagoas concentram maiores índices de focos para o Aedes

Interlagos, Santo André, Paranapungá, Alto da Boa Vista e Jardim Nova Americana estão com risco de surto de dengue

14 MAR 2016 - 17h:15Por Kelly Martins

Os bairros Interlagos, Santo André, Paranapungá, Alto da Boa Vista e Jardim Nova Americana concentram os maiores índices de focos para reprodução do mosquito Aedes aegypti , em Três Lagoas. Esses locais apresentam índice de infestação superior a 5%, ou seja, significa estado de alerta pois o número é quatro vezes superior do que o teto do protocolo do Ministério da Saúde.

O levantamento é resultado do Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) da Secretaria de Saúde de Três Lagoas e obtido pelo JP News. No entanto, o número de notificações de dengue em cada bairro não foi divulgado.

O coordenador do setor de Endemias, Benício Donizete, ressalta que os bairros em questão apresentam grande concentração de focos porque ainda não receberam o mutirão de limpeza para a retirada dos criadouros. O combate tem sido feito em vários pontos da cidade e, agora, se concentra nas regiões com mais infestações.

Para tentar eliminar os focos, a secretaria espalhou agentes por toda a cidade, para que eles vistoriem tudo: ruas, casas, quintais e terrenos. Parte da população já está acostumada com as visitas, mas mesmo assim ainda é possível encontrar água parada em todo tipo de recipiente, muitas delas com larvas do mosquito.

Os bairros Jardim Maristela, Jardim Imperial, Parque São Carlos, Jardim Planalto e Parque Osmar Dutra também ganham destaque na concentração de criadouros do Aedes. Nesses pontos o índice de infestação chegou a 3,4%, colando a região em estado de alerta para a possibilidade de epidemia de dengue.

Notificações

O último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde apontou 669 notificações da doença registradas em Três Lagoas, de 1° de janeiro a 7 de fevereiro. O dado corresponde atualmente 9,9 casos por dia de dengue na cidade. 

Deixe seu Comentário