Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
MINISTÉRIO PúBLICO DO TRABALHO

A cada dia, uma pessoa sofre acidente de trabalho em Três Lagoas

Levantamento do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho foi divulgado nesta segunda-feira (5)

6 MAR 2018 - 09h:38Por Tatiane Simon

Por dia, ao menos um trabalhador é vítima de acidente em ambiente laboral, em Três Lagoas. O dado é do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Os resultados atualizados foram divulgados nesta segunda-feira (5).

Com base em informações disponibilizadas por vários órgãos públicos, o observatório aponta que, em 2017, foram registradas 692 comunicações de acidente de trabalho (CATs). A maioria delas por fratura – foram 148 registros – seguido por corte, com 133.

Conforme o estudo, a atividade econômica mais frequente envolvida foi a de fabricação de celulose, com 102 registros. Em segundo lugar aparece a de montagem de instalações industriais e de estruturas metálicas, com 64.

No ano passado, houve uma ocorrência envolvendo um trabalhador menor de 18 anos e o registro de uma morte.

Balanço

Ainda de acordo com o observatório, entre 2012 e 2017, Três Lagoas contabilizou 4.726 comunicações de acidente de trabalho. Foram 1.032 por corte, laceração, ferida contusa ou punctura. Por contusão ou esmagamento foram 808 registros e 804 por fratura. Neste período foram reportadas oito mortes e 18 ocorrências envolvendo trabalhadores menores de 18 anos.

A fabricação de celulose liderou como a atividade econômica com maior frequência em acidentes, com 513 registros. Seguido por fabricação de fogões, refrigeradores e máquinas de lavar e secar para uso doméstico, com 370 registros.

Dos cinco anos de levantamento, o ano de 2012 foi o que mais somou registros por acidente de trabalho. Ao todo, foram 1.049 casos, que dão, em média, quase três acidentes por dia.

O ano de 2013 se destaca pelas ocorrências envolvendo trabalhadores com menos de 18 anos de idade: sete, ao todo. Foram reportadas, ainda duas mortes.

Em 2014 e 2016 também foram reportadas duas mortes em acidente de trabalho. Apenas o ano de 2015 não houve registro de óbito em decorrência de acidente de trabalho.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13