Rádios On-line
teste mobile
REGISTROS

A cada mês 12 mulheres são violentadas em Três Lagoas

Levantamento foi feito pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da cidade

8 MAR 2016 - 09h:55Por Kelly Martins

A cada mês, 12 mulheres sofrem algum tipo de violência doméstica ou familiar, em Três Lagoas. Na maioria dos casos, o agressor é o marido, companheiro ou ex, segundo dados do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da cidade. Somente no último ano, 150 mulheres foram atendidas na instituição após serem vítimas de agressão.

A assistente social Sheila Regina dos Santos Ferreira, que trabalha no Creas, contou que as mulheres entre as idades de 36 a 45 anos são as que mais registraram ocorrência deste tipo. As mulheres da faixa etária de 26 a 35 anos também ganham destaque entre as vítimas de violência.

“Elas chegam fragilizadas, em busca de socorro e sem esperança. Muitas delas fazem a denúncia e conseguem sair dessa situação. Porém outras denunciam, mas voltam para o ciclo de violência”, frisou a assistente social.

Sheila Regina ressalta que o Creas oferece atendimento psicológico e todo o tipo de assistência necessário à pessoa que recorre à instituição em busca de ajuda. “Muitas mulheres, infelizmente, ainda tem medo de denunciar o agressor e não procura ajuda”, observa.       

Deixe seu Comentário