Rádios On-line
DECISÃO

Alex Ortiz é condenado a 12 anos de prisão

Crime ocorreu em agosto do ano passado em Brasilândia

4 SET 2018 - 14h:02Por Ana Cristina Santos

O professor de artes marciais, lutador de kickboxing e fisioterapeuta Alex Ortiz de França, 43 anos foi condenado a 12 anos de prisão, inicialmente em regime fechado pelo crime de estupro de vulnerável, contra uma aluna de 10 anos. 

O crime ocorreu em agosto do ano passado em Brasilândia, quando ele convidou a menina para ir até a sua residência assistir um filme. A sentença foi publicada no Diário Oficial da Justiça desta terça-feira (4).

De acordo com a denúncia, na época, Ortiz levou um grupo de crianças na residência, convidou a vítima para assistir filme e teria cometido o abuso.  Após isso, a aluna teve mudança no comportamento e não quis mais frequentar as aulas, e acabou relatando a mãe o que teria ocorrido.

O professor respondia a outro processo semelhante na Justiça, mas por falta de provas foi absolvido. O crime teria ocorrido em 2016, em Três Lagoas.

Alex Ortiz já morou em Três Lagoas e representou o município em várias competições. Nos últimos anos estava morando e dando aulas em Brasilândia.

 

Deixe seu Comentário