Rádios On-line
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Violência doméstica termina com autor preso após ser atingido por bala de borracha

Ele tentou fugir pulando muros, partiu para cima dos militares ao ver que seria preso

18 JAN 2021 - 07h:34Por Alfredo Neto

A Força Tática do 2ªBPM (Batalhão de Polícia Militar), precisou usar balas de borrachas para poder prender um homem de 30 anos, durante uma ocorrência de violência doméstica no final de noite deste domingo (17), na rua Antoniel Cardoso da Cunha, bairro Jardim Ipanema, zona Sul de Três Lagoas.

Consta no boletim de ocorrência que por volta das 23h de domingo, a vítima de 19 anos ligou no telefone 190, relatando que estaria sendo agredida e ameaçada por seu ex-marido, por estar na região do Jardim Ipanema, a Força Tática foi até o local e os militares perceberam que um homem teria corrido e pulado muros de residências vizinhas.

Em conversa com a vítima os militares constataram que a pessoa que teria corrido, seria o autor da violência doméstica, os policiais fizeram um cerco no quarteirão e ao entrarem em uma casa abandonada encontraram o autor escondido em um corredor.

Segundo os militares da Força Tática, o autor recusou se entregar e partiu para cima dos policiais que precisaram utilizar balas de borracha, para fazer o autor sessar a investida contra os militares, dois disparos de borracha acertaram o joelho do autor que se rendeu aos militares.

Após a detenção do agressor os militares perguntaram para a vítima o que teria ocorrido, para os policiais a mulher relatou que estaria bebendo bebidas alcóolicas com o namorado e ao chegar em casa, encontrou o ex-convivente no portão totalmente exaltado e após discutirem, a vitima relatou que o agressor segurou em seu pescoço bateu com a cabeça dela contra uma parede e disse, “Se eu te pegar com outro homem, eu te mato".

Para os militares o agressor relatou que a ex-convivente estaria mentindo, que os dois teriam passado o dia todo bebendo e no final da noite após uma conversa entre os dois, teria surgido uma discussão, mas que não teria agredido a vítima. Ao ser questionado sobre as ameaças o autor negou ter ameaçado a vítima e relatou que teria fugido dos policiais por ter ficado com medo de ser preso.

Após ouvir as duas partes os militares levaram ambos para à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) onde o autor da violência doméstica foi preso em flagrante.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13