Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
CONQUISTA

Após seis meses de campanha, Kaleby embarca para tratamento na Tailânda

O menino de 3 anos, precisa fazer um tratamento de células tronco

18 FEV 2017 - 08h:20Por Steffany Pincela

Um desafio, muitas esperanças, e um desejo que está se realizando. Kaleby Neres de Freitas Sampaio, um menino de três anos de idade e que tenta se recuperar de uma paralisia cerebral grave, finalmente vai poder iniciar um tratamento considerado revolucionário. Ele vai para a Tailândia, país asiático onde a busca pela cura do problema atrai milhares de pessoas do mundo todo. A viagem dele está sendo possível graças ao esforço dos pais, amigos, empresários e de pessoas que decidiram ajudar o garoto nessa viagem. Kaleby vai ser submetido à um tratamento com células tronco.

Morador de Três Lagoas, Kaleby nasceu com a doença devido à complicações no momento do parto. Quando isso acontece, a criança sofre o que na medicina é conhecida como anóxia grave (diminuição ou insuficiência de oxigenação do sangue para suprir as exigências metabólicas de um organismo humano vivo, especialmente no cérebro). Atualmente, o garoto requer muitos cuidados. Além de fisioterapia, também são feitos tratamentos de hidroterapia, fototerapia e equoterapia.

O esforço para levar o menino até a Tailândia uniu a família que foi em busca dos recursos necessários para viabilizar a viagem e os custos como tratamento. No total foram arrecadados cerca de R$ 150 mil. O dinheiro será usado para custear passagens, hospedagens e o próprio procedimento médico.

Para conseguir os recursos, foram realizadas diversas campanhas, contou com o apoio dos organizadores de um show beneficente, bingos, rifas, churrascos, sorteios e também através das doações em conta. Ester Jaqueline Neres e Ricardo Sampaio, pais de Kaleby, embarcam neste sábado (18), rumo à Tailândia. Vão em busca da cura para o filho. “Estou muito confiante, graças a Deus o Kaleby está bem e pronto para fazer este tratamento”, disse Ester que espera retornar com resultados positivos para o filho. Eles devem passar um mês na Tailândia.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13