Rádios On-line
9248
DECISÃO

Área doada a cervejaria será retomada e pode abrigar agência regional do Detran

Diante do impasse para instalação de cervejaria, Guerreiro estuda reversão de terreno

15 NOV 2019 - 12h:00Por Ana Cristina Santos

Diante do impasse e da falta de acordo sobre os incentivos fiscais para a instalação de uma fábrica de cerveja em Três Lagoas, o prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) chegou à conclusão que vai retomar a área que foi doada a empresa do Rio de Janeiro. Guerreiro disse que estuda outros projetos no local, como a construção da sede da agência regional do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e a estrutura de aulas práticas de autoescolas para a formação de motoristas. 

A declaração foi feita em entrevista na manhã desta quinta-feira (14), no Jornal “RCN Notícias”, da TVC- HD 13.1 e rádio Cultura FM 106.5 MHz.

Conforme antecipado pelo Jornal do Povo na edição passada, o governo estadual afirma que tudo o que estava ao alcance do Estado para a instalação do empreendimento foi feito e que não pretende alterar as regras para a concessão de incentivos ficais.

O empresário Cléber Faria, dono da cervejaria Cidade Imperial quer a redução de impostos para a venda de bebidas dentro do Estado, o que emperrou a negociação. Faria  teria exigido incentivo semelhante ao concedido a uma empresa concorrente. 

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, José Aparecido de Moraes, disse que Faria anunciou, há duas semanas, que não abre mão da redução de tributos e que a filial não será instalada sem o benefício.

Diante do impasse, Guerreiro revelou que determinou à Procuradoria Jurídica o envio de documentos da doação à Câmara para a retomada de uma área de 320 mil metros quadrados, doada ao empresário. Também disse que foi feito o “maior esforço” por parte da prefeitura e governo do Estado para a instalação da filial na cidade, mas que o empresário “está se valorizando”. “A lei permite X e não Y. Doamos uma área nobre e o governo ofereceu os incentivos que estavam ao alcance”, destacou.

Ainda segundo Guerreiro, a sede do Detran “está em situação precária” e a cidade não possui estrutura para aulas de futuros motoristas. Disse ainda que o governo estadual estuda a construção de nova sede  para o órgão e que poderá oferecer a área para o empreendimento.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13