Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
BASTIDORES

Atuais prefeitos são os favoritos na disputa pela reeleição

Leia a coluna Observatório do Jornal do Povo deste sábado (18)

18 ABR 2020 - 06h:45Por Redação

Deu certo
O deputado Barbosinha (DEM) que vinha costurando uma aliança que envolvesse o PSDB, o PSD e o PTB, além do MDB e outros partidos menores, em torno de sua candidatura a prefeito de Dourados, passo a respirar mais aliviado com a possibilidade do seu colega tucano Marçal Filho ficar mesmo fora da disputa. Marçal recua e Geraldo Resende, secretário de Saúde, não vê vantagem em entrar nessa parada. O caminho fica cada vez mais aberto para ele e sem um adversário de peso no horizonte.

Sessões virtuais
Deputados estaduais e vereadores descobriram os encantos das sessões virtuais. Sem a necessidade de saírem de casa, e alguns até votando dos seus locais de trabalho (consultórios médicos ou estúdios de rádio, por exemplo), vão estender a experiencia da pandemia para os outros períodos. E, se por um lado, podem ficar mais tranquilos por não sofrerem a pressão das galerias ou plenários, por outro, têm a certeza de que são muito mais fiscalizados. A audiência é muito maior que nas sessões presenciais.

Prefeitos favoritos
Os atuais prefeitos de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, de Corumbá, Marcelo Yunes e de Ponta Porã, Hélio Peluffo, são favoritos na disputa pela reeleição. Nos cinco maiores colégios eleitorais, Dourados é a exceção. A prefeita Délia Razuk não deve disputar a reeleição.

Não é regra
Mas o favoritismo de prefeitos candidatos à reeleição não é regra na Costa Leste.  Pode inclusive ocorrer o contrário com Guerreiro favorito sendo a exceção.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13