Rádios On-line

Autorizada obra do complexo do Sesi e Senai em Aparecida

Centro Integrado vai suprir falta de mão de obra qualificada para indústria, diz prefeito

8 FEV 2013 - 08h:00Por Reprodução

Será assinada hoje em Aparecida do Taboado a ordem de serviço para a obra do Centro Integrado Sesi Senai (CISS). Serão investidos R$ 4,2 milhões na construção do complexo Segundo o prefeito Robinho Samara Almeida (PR), a obra vai suprir, a médio prazo, a falta de mão de obra qualificada, principal gargalo da indústria no município. Hoje, Aparecida do Taboado é o quarto polo industrial de Mato Grosso do Sul, mas a consolidação dessa posição esbarra na falta de trabalhadores. 

A ordem de serviço para as obras será assinada às 10h, em cerimônia no Centro Pedagógico e Cultural Professor Agrício José Tolentino, pelo presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen, com a presença de autoridades e convidados.
 
Durante a cerimônia de assinatura da ordem de serviço do complexo do sistema “S”, será apresentado o Plano de Desenvolvimento Regional (PDR).

O complexo, que será construído na avenida Orlando Mascarenhas Pereira, bairro Jardim Primavera, abrigará os cursos de formação profissional do Senai e os serviços de saúde, educação, cidadania e lazer do Sesi, em uma área construída de 2,7 mil metros quadrados.

ESTRUTURA
O CISS terá um setor administrativo com salas da administração, tesouraria, coordenação pedagógica, gerência, diretoria, um setor de saúde com dois consultórios, uma enfermaria, uma sala de espera, além de 7 salas de aula, laboratórios de física e química, informática, montagem e manutenção, salas de aula de eletroeletrônica e metalmecânica. 

O espaço também contará com biblioteca com duas salas de estudo, além de uma academia, cantina, refeitório, pátio e praça de alimentação, bem como um estacionamento privado e público aos usuários e estudantes com mais de 200 vagas.
Para o prefeito de Aparecida do Taboado, Robinho Samara Almeida, o CISS resolverá o problema da falta de trabalhadores capacitados. “Sem sombra de duvidas, essa obra trará muitos benefícios para a economia da nossa cidade, pois qualificará mão de obra para atender à demanda das empresas instaladas na região. Além disso, com o Sesi, os industriários terão um atenção nas áreas de saúde, educação, cultura, esporte e lazer”, disse.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13