Rádios On-line
8995
Nova Estrela 0603
INVESTIMENTOS

Bairros estão prestes a receber quase R$ 48 milhões em obras

Construções deverão resolver problemas de alagamentos em ruas e avenidas

17 AGO 2019 - 07h:17Por Ana Cristina Santos

Um projeto que autoriza a Prefeitura de Três Lagoas contratar empréstimo de R$ 43,4 milhões com a Caixa Econômica Federal por meio do Programa Avançar Cidades – Saneamento, com contrapartida de R$ 4 milhões, está prestes a ser executado. A afirmação é do secretário municipal de Infraestrutura, Adriano Barreto.

Em julho deste ano, o projeto foi aprovado pela Câmara para a execução de obras de captação de água de chuva por meio de drenagem.

Nesta semana, Barreto foi à Superintendência da Caixa Econômica Federal, eme Campo Grande, para verificar o andamento do pedido. O secretário informou que o projeto está em fase avançada e que já teve autorização do Ministério das Cidades e da diretoria de engenharia da Caixa para liberação. “Em algumas semanas vamos ter autorização para licitar essas obras e pretendemos fazer isso antes do período das chuvas”, adiantou.

Barreto ressaltou que a ideia é fazer “bons contratos” para possibilitar a execução das obras dentro do tempo planejado, e sem paralisações. O montante do empréstimo, segundo ele, será aplicado em obras dentro do prazo de dois anos. As obras devem ser contratadas até outubro deste ano.

BAIRROS

O dinheiro emprestado será usado para macrodrenagem nas bacias dos córregos Japão e do Onça, e em redes coletoras dos bairros Imperial, Eldorado, Vila Haro, Santa Terezinha, Santos Dumont, São Carlos, Guanabara, Vila Carioca e São João. Os problemas de alagamentos em épocas de chuvas serão resolvidos após a execução dessas obras nessas regiões, disse o secretário.

CAF

Outro projeto aprovado que prevê empréstimo com a CAF (Corporação Andina de Fomento), da Venezuela, com a garantia da União, no valor de US$ 50 milhões - cerca de R$ 200 milhões, deve levar um tempo maior para a aprovação.
O prazo para pagamento de ambos é de 20 anos, com juro de 6% ao ano e carência de pagamento de quatro anos na Caixa. O juro da CAF é de 2,3% ao ano e carência de cinco anos, com previsão de comprometer 5% do orçamento anual do município até a quitação.
Paralelamente a esses empréstimos, o município continua executando obras com recursos próprios. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13