Rádios On-line
8690
TERRA VILLE

Bancários devem aderir à greve na próxima semana

Decisão será tomada em assembleia que acontece hoje

12 SET 2012 - 07h:52Por arquivo jp

Os bancários de Três Lagoas, assim como de outras cidades do país, devem aderir ao movimento de greve na próxima terça-feira (18). Hoje, às 18h, haverá uma assembleia na sede do Sindicato dos Bancários de Três Lagoas para decisão da categoria. Entretanto, a presidente do sindicato, Thelma Regina Canisso, disse que essa é a orientação da nacional, já que não houve um acordo em relação ao reajuste pleiteado pela categoria.

Os bancários reivindicam um reajuste salarial de 10,25%, sendo - 5% de aumento real, além da inflação projetada de 5%. Entretanto, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu apenas 6%. A categoria cobra ainda uma maior participação na PLR (Participação de Lucros e Resultados), bem como vale-alimentação e refeição no valor de um salário mínimo (R$ 622); Plano de Cargos e Carreiras para todos os bancários; cumprimento da jornada de trabalho de seis horas, entre outras reivindicações.

De acordo com Thelma, além de melhorias salariais, a categoria reivindica também a contratação de mais bancários, melhores condições de trabalho, assim como a abertura de novas agências bancárias. “A nossa mobilização não visa apenas aos bancários, mas melhorias para todo o sistema bancário”, frisou.

A presidente do sindicato afirmou que a greve é a última alternativa, já que foram esgotadas todas as negociações com a Fenaban. “Não tem outra forma, essa á a única alternativa, pois já aconteceram cinco rodadas de negociações e não houve nenhuma contraproposta da federação”, disse. Apesar de já haver a orientação do comando nacional para a adesão da greve, Thelma disse que até a próxima semana pode ser que a Fenaban apresente um percentual maior, para atender, assim, aos anseios da categoria.

Segundo a sindicalista, atualmente a categoria, em Três Lagoas, é composta por cerca de 140 bancários.

CAOS

Questionada sobre o caos que a greve pode causar às agências bancárias, haja vista a complexidade da situação no momento, mesmo com os bancos funcionando, ela disse que o sindicato compreende isso, mas reforçou que não existe outra maneira de conseguir o que pleiteiam.

De acordo com a presidente do sindicato, a greve visa cobrar melhorias para esse caos também, como a contratação de mais bancários e abertura de mais agências. “Esse problema das filas só vai diminuir com a abertura de novas agências, pois o espaço físico das atuais já não suporta mais ampliação e nem mesmo essa quantidade de pessoas”, destacou.

Thelma comentou que Três Lagoas vem enfrentando esse problema há alguns anos e, apesar das promessas, o problema persiste. “É preciso se adequar, seja com a abertura de novas agências, com a instalação de terminais dentro das empresas, ou em outros pontos, mas algo tem que ser feito”, salientou.

Quanto aos clientes, a presidente do sindicato informou que, caso seja aprovada a greve hoje, a população terá esses dias, até o início da mobilização prevista para terça-feira para adiantar os serviços bancários. Ela comentou também que existem as lotéricas, além de alguns terminais que podem ser utilizados nesse período.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13