Rádios On-line
DESCUMPRIMENTO

Bancos de Três Lagoas não cumprem lei dos 15 minutos

Agências bancárias da cidade não respeitam lei municipal que estabelece tempo máximo de atendimento

28 MAR 2016 - 07h:40Por Ana Cristina Santos

As agências bancárias de Três Lagoas continuam não respeitando a Lei Municipal 1.961/2005, que estabelece tempo de atendimento bancário de, no máximo, de 15 minutos em dias normais, 20 minutos no dia de pagamento de funcionários públicos, de vencimento de contas de concessionárias de serviços públicos e de recebimentos de tributos. A lei prevê ainda que, em vésperas ou após feriados prolongados, o atendimento seja realizado em 25 minutos.

O Ministério Público Federal (MPF) de Três Lagoa recomendou, na semana passada, à superintendência e à gerência regional da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul que seja reduzido o tempo de espera na principal agência bancária da instituição na cidade. Foi solicitado que o atendimento seja mais rápido e que a Caixa adote medidas para ampliar o horário de funcionamento, reforçar o número de funcionários em guichês, quantidade de caixas eletrônicos e orientação aos consumidores sobre meios de serviços mais rápidos.

Na semana passada, durante o programa RCN Notícias da Rádio Cultura FM 106,3 MHz, ouvintes reclamaram do atendimento prestado por bancos da cidade. Segundo eles, os bancos demoram até uma hora para atender o público.

Somente neste ano, o Programa de Proteção do Direito do Consumidor (Procon) registrou quatro reclamações contra a demora no atendimento bancário. O diretor do órgão, Amilson Torres,diz que é preciso formalizar reclamações. “Muitas pessoas reclamam do atendimento, mas não procuraram o Procon”, disse.

No final do ano passado, o Procon notificou e aplicou três multas pelo descumprimento da lei, que prevê sanções de advertência, multa, suspensão e até cancelamento do alvará de funcionamento.

Deixe seu Comentário