Rádios On-line
SHOW DE PRÊMIOS TONHÃO
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
TRêS LAGOAS

‘Barreira sanitária não tem obrigação de parar todos os veículos’, diz comandante

Estrutura de controle sanitário funciona na divisa de Três Lagoas e Castilho

13 JUL 2020 - 14h:00Por Ana Cristina Santos

Após questionamentos de moradores sobre o funcionamento da barreira sanitária instalada em Três Lagoas na divisa com o Estado de São Paulo, no Posto Fiscal em Jupiá, o comandante do 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Leandro Arruda, se pronunciou sobre o assunto.

Vários condutores têm alegado que a barreira sanitária não tem abordado todos os condutores que passam pelo local. O comandante destacou que, realmente não existe está obrigatoriedade. Ele disse que, na verdade a estrutura montada trata-se de um controle sanitário. “A barreira desde o início nunca veio com protocolo de que todos os veículos deveriam ser parados. Não é uma barreira sanitária ao pé da letra, no sentido de barrar todos os veículos, é um controle de entrada, sem tirar o direito de ir e vir, que não pode ser comprometido”, explicou o comandante.

 O tenente- coronel esclareceu ainda que nos últimos dias a barreira está funcionando com dois funcionários a menos. Nos últimos dias, segundo ele, dois funcionários da Agraer não compareceram e as vagas não foram repostas. Houve baixa de um policial militar também, mas logo foi reposto.

A barreira em Três Lagoas começou a funcionar em abril, com o objetivo de orientar motoristas e passageiros sobre medidas preventivas contra a Civid. Com apoio das equipes da Polícia Militar,  Corpo de Bombeiros e Iagro, a barreira consiste na abordagem orientativa de condutores e ocupantes de veículos que estão entrando no município e identificação de possíveis sintomas relacionados ao Coronavírus.

Deixe seu Comentário

Mailson Interna RCN

TVC Canal 13