Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
PERDA

‘Brancão foi um grande gênio da música’, diz ex-presidente da Câmara

Músico fez muito sucesso no Estado e em cidades do interior de São Paulo

31 JAN 2018 - 17h:27Por Ana Cristina Santos

Morreu na tarde desta quarta-feira (31) o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Três Lagoas, Amilton Roldão de Souza, o Brancão, aos 72 anos. Ele integrou por anos o conjunto musical “O Brancão e Seu Conjunto”. 

“Três Lagoas perde um político, mas muito mais um grande músico. O Brancão era um gênio da música, tocava demais bandoneón, e todos os instrumentos. Sem sombra de dúvidas foi um grande músico e uma perda muito grande para a cultura, para a música...”, lamentou o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Três Lagoas, Valdomiro Aguirre.

Aguirre foi vereador com Brancão de 2000 a 2004. Para ele, Brancão se consagrou muito mais como músico do que político. “Foi um bom político, humilde, dócil, sempre atendeu a todos como político e fora da política, mas foi com a música que ele se consagrou”, destacou.

Brancão fez muito sucesso no Estado e em cidades do interior paulista, como Araçatuba e Bauru, nos anos de 1980 e 90 com a banda “Brancão e Seu Conjunto”.

Em 2014, ele gravou uma chamamé com o músico sul-mato-grossense Marcelo Loureiro.

Brancão estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Auxiliadora de Três Lagoas, onde morreu vítima de complicações após ser submetido a uma cirurgia no intestino no final de semana.

O corpo será velado no velório da empresa Cardassi.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13