Rádios On-line
8932
VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Bronzeamento natural funciona ilegalmente em Três Lagoas

Levantamento da reportagem encontrou pelo menos 10 estabelecimentos desse tipo em Três Lagoas

12 JAN 2019 - 13h:20Por Kelly Martins

Bronzeamento com marcas perfeitas e até “tatuagens”. Grande sensação entre mulheres, a promessa do bronzeamento natural cresce em Três Lagoas. Diversos espaços, salões e clínicas oferecem o serviço, em que peças de banho de Sol são feitas com esparadrapo. Levantamento da reportagem encontrou pelo menos 10 estabelecimentos desse tipo em Três Lagoas.

O problema é que, segundo a Vigilância Sanitária Municipal, apenas um deles é regularizado. Os demais não possuem alvará de funcionamento ou acompanhamento técnico, e se tornaram alvo de fiscalização, nesta semana. 

De acordo com o coordenador do órgão, Cristovan Bazan, denúncias foram registradas por usuárias e os pontos de bronzeamento funcionam irregularmente. “Apenas uma clínica nos procurou para se adequar às normas para obter o alvará. Todas as demais funcionam de forma ilegal e nós vamos autuar cada uma se for preciso”, declarou. 

Bazan disse que esses estabelecimentos precisam funcionar em local adequado, dentro de normas da Vigilância Sanitária e usar apenas produtos registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) além de materiais esterilizados. “Todas as casas que realizam o procedimento precisam  suspende o serviço até que esteja regularizado”, concluiu. 

A reportagem tentou contato com donos duas casas de bronzeamento da cidade, mas nenhum quis dar entrevista. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13