Rádios On-line
PRECONCEITO

Bullying: 20 casos em menos de 1 ano

Registros da Secretaria de Educação de Três Lagoas revelam que vítimas são crianças e adolescentes, de 10 a 14 anos

7 MAI 2016 - 19h:23Por Kelly Martins

Ao menos 20 casos de bullying foram registrados em escolas da Rede Municipal de Educação de Três Lagoas, entre o ano passado e o atual. As vítimas, em sua maioria, são crianças e adolescentes, com faixa etária entre 10 e 14 anos, que começaram a ter comportamento diferenciado ao se tornarem alvos de colegas.  

Alguns casos de bullying foram descobertos após denúncia de alunos a professores e também aos familiares. A psicóloga Ludimila Testi Agutoli conta que os estudantes passaram a receber acompanhamento de profissionais especializados que atuam no Núcleo Educacional de Atendimento, ligado à Secretaria Municipal de Educação. 

“A partir do momento em que o aluno conta que está sofrendo bullying dentro da sala de aula, ele começa a receber acompanhamento psicológico, pois, há vários tipos de consequências. Alguns param de comer, outros não querem mais ir às escolas ou se tornam agressivos”, explicou a psicóloga, que é integrante do Núcleo. 

Os registros apontam que os ataques são principalmente contra jovens e adolescentes que demonstram problemas com a timidez. Ludimila ressalta que campanhas educativas são desenvolvidas constantemente nas escolas na tentativa de combater o bullying. Os profissionais também levam orientação aos pais, com o intuito de identificar vítimas e agressores.

Deixe seu Comentário