Rádios On-line

Carnaval 2013 terá distribuição de 20 mil preservativos

Campanha será no Carnalegria e Desfile das Escolas de Samba

2 FEV 2013 - 09h:59Por Redação

A programação carnavalesca de Três Lagoas terá a distribuição de 20 mil preservativos masculinos. De acordo com Susie Donero, psicóloga e coordenadora do programa DST/Aids/HV, a distribuição será feita no Carnalegria entre os dias 9 e 12, no Parque de Exposições Joaquim Marques de Souza, e no Desfile das Escolas de Samba, dia 10, na avenida  Rosário Congro (Praça Senador Ramez Tebet).

Além dos preservativos, nos dias de show do Carnalegria, será instalada uma tenda para que os profissionais da saúde orientem a população sobre a prevenção às DST’S. Já no Desfile das Escolas de Samba, os técnicos do programa em parceria com o Grupo de Teatro Identidade, estarão na avenida para interagir com o público, desenvolvendo atividades lúdicas. O objetivo é alertar a população a respeito da importância da prevenção às DST’S e do uso do preservativo.

Neste período de carnaval os servidores do programa também realizarão trabalhos de orientação e distribuição de preservativos nas casas noturnas, bares e restaurantes. 
Conforme Susie, a campanha no período do carnaval é estratégica porque neste momento as pessoas ficam mais vulneráveis a comportamentos de risco. “É uma temporada de diversão e também de excessos. A ideia é alertar a população, principalmente os jovens, para a importância da proteção individual em todas as relações sexuais”.

Durante a semana que antecede o carnaval (04 a 08 de fevereiro) os profissionais da saúde  desenvolverão trabalhos de prevenção e distribuição de preservativos em alojamentos e empresas de Três Lagoas, além de fornecer materiais informativos e preservativos para todas as empresas que solicitarem via telefone 3929-9893 ou pessoalmente no endereço, rua Darcy Pio, 599 – Santos Dumont.

Atualmente, em Três Lagoas são 403 pessoas com o vírus HIV, em tratamento no Serviço Ambulatorial Especializado (SAE). Porém, segundo Susie, este número pode ser bem maior já que os sintomas da Aids demoram até 10 anos para se manifestarem no organismo. “Existe por aí muitos cidadãos que tem o vírus e nem sabe”, disse.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13