Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Casos de dengue aumentam e carro fumacê é colocado em mais dois bairros

Aplicação do inseticida é feita no Santos Dumont e Santa Rita, que apresentaram alto índice de infestação do Aedes aegypti.

4 OUT 2018 - 07h:00Por Kelly Martins

O combate ao mosquito transmissor da dengue, Aedes aegypti, foi intensificado nesta semana, em Três Lagoas. Os bairros Santa Rita e Santos Dumont apresentaram alto índice de infestação do mosquito e, por isso, o carro fumacê está percorrendo a região. A aplicação do inseticida tem por objetivo diminuir o número de casos registrados nos dois pontos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

A medida também foi adotada anteriormente nos bairros Interlagos e Lapa. Nesses pontos, 30 pessoas foram diagnosticadas com dengue. De acordo com o Setor de Endemias e da Vigilância Sanitária em Saúde e Saneamento, a borrifação do produto para bloqueio químico é feita no período da manhã (5h às 8h) e à noite (18h às 22h).

É usado equipamento acoplado sobre um veículo da secretaria para aplicação do veneno contra os mosquitos, por meio do sistema de borrifação do produto Malathon, misturado com água e não inflamável, pelo sistema de bomba Ultra Baixo Volume (UBV).

Casos

Somente neste ano, Três Lagoas registrou 944 casos suspeitos de dengue, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde. Desse total, 234 pessoas receberam o diagnóstico positivo da doença, o que corresponde, em média, 24 casos confirmados por mês no município. O levantamento é entre o mês de janeiro e setembro. Cenário que faz com que a cidade lidere a lista "vermelha" da Saúde, em 1º lugar do ranking de alta incidência de dengue, em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário