Rádios On-line

Castração gratuita de animais domésticos será iniciada em abril

Em reforma, CCZ terá capacidade inicial para até 40 procedimentos cirúrgicos ao mês

27 JAN 2016 - 21h:26Por Renata Prandini

Deve ser iniciado em abril deste ano o programa gratuito de controle reprodutivo de cães e gatos em Três Lagoas. De acordo com o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Cristóvão Tabox Bazan, as reformas na unidade para passar a oferecer o serviço – como a construção de um centro cirúrgico – estão dentro do cronograma e deverão ser concluídas dentro de 60 dias.

A implantação do programa de castração gratuita de animais domésticos atende a uma determinação da Justiça. No ano passado, a Justiça condenou o município a criar o programa, em decisão favorável a uma ação movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), sob pena de multa diária de R$ 1 mil a máxima de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

Inicialmente, o programa irá realizar aproximadamente 40 castrações ao mês de cães e gatos, tanto machos quanto fêmeas. Para isso, o CCZ também estuda qual será o procedimento adotado para a castração de fêmeas, cuja cirurgia é mais complexas.

De acordo com Bazan, paralelamente às obras de construção, o CCZ estuda quais são os critérios que serão adotados para participar do programa. O objetivo é atender à população de baixa renda e, para isso, deverá ser realizado um cadastramento desses animais.

“Essa ação é voltada para a população de baixa renda. Principalmente, para os animais que vivem nos bairros mais carentes, onde se faz necessária a castração para evitar o aumento da população canina e felina e, consequentemente, que esses animais sejam abandonados nas ruas da cidade”, destacou em entrevista concedida à equipe de reportagem da TVC.

O médico veterinário responsável pelo centro estima que 60% da população canina e felina dos bairros da cidade se enquadrem no perfil do programa, e precisam de castração.  “Todo material necessário [para a cirurgia] será fornecido pelo CCZ. O único trabalho do dono do animal será trazê-lo até o CCZ e buscá-lo após a cirurgia”, lembrou. (Com a colabração de Maria do Carmo, da TVC)

Deixe seu Comentário