Rádios On-line
CONSCIENTIZAÇÃO

Cem mil preservativos e gel lubrificante serão distribuídos no Carnaval em Três Lagoas

Ação quer conscientizar a população sobre o uso de camisinha, durante a folia no município

5 FEV 2018 - 15h:07Por Kelly Martins

Cem mil camisinhas e cinco mil sachês de gel lubrificante serão distribuídos durante o Carnaval, em Três Lagoas. O objetivo é promover a conscientização e prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis, no período, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A ação estará concentrada no espaço Arena Mix, nos dias 12 e 13 de fevereiro, durante os bailes e matinês.

A campanha é do Programa Municipal IST/AIDS/HV que distribuirá preservativos, gel lubrificante e material educativo. As equipes estarão percorrendo bares, lanchonetes e casas noturnas, segundo a coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento do IST-Aids/HV, Susie Donero.

Ela explica que palestras educativas já estão sendo realizadas em empresas e indústrias, na cidade. “O nosso trabalho será mais intensificado a partir do sábado (10) nos eventos”, frisou. Além disso, os técnicos de serviço também estarão nos dias que antecedem o carnaval distribuindo preservativos em vários locais, em especial, onde houver aglomerações de foliões.

Donero disse ainda que o Centro de Testagem e Aconselhamento recebe mensalmente 50 mil preservativos. Porém, devido a ação no Carnaval, a quantidade enviada pelo Ministério da Saúde foi praticamente o drobro, neste ano.

Casos

Segundo o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), o número de novas pessoas contaminadas pelo vírus HIV entre janeiro e novembro de 2017 é maior do que registrado em 2015 e também em 2016, em Três Lagoas. O aumento foi de 61%, se comparado com 2015, quando registrou 55 novos casos contra 89 no ano passado, o que gera alerta à Saúde. Em 2016, foram contabilizados 83 casos novos.

Segundo levantamento do órgão, o índice é mais acentuado entre jovens de 20 a 30 anos, que representam 40% desta fatia – 35 pessoas detectadas com o vírus neste ano. Em seguida, aparecem as pessoas com idade entre 31 e 40 anos e, em terceiro lugar, pessoas cuja faixa etária vai dos 41 aos 50 anos. Quatro pessoas diagnosticadas com o vírus neste período têm entre 15 e 19 anos.

Deixe seu Comentário