Rádios On-line
INCLUSÃO

Central de Libras é inaugurada e vai atender 200 surdos

Com foco na inclusão, unidade já está funcionando e deficientes auditivos devem fazer agendamento antecipadamente

1 AGO 2019 - 17h:00Por Tatiane Simon

Inclusão. Essa é a palavra que define o motivo da Central de Interpretação de Libras em Três Lagoas nesta quinta-feira. Um antigo pedido da comunidade surda finalmente foi atendido. Motivo para comemorar, mas não para se contentar. A estudante Tamires de Oliveira é surda desde o nascimento e pra ela, a central significa o primeiro passo de uma longa jornada. “Não significa que agora sim estamos ganhando espaço e sendo, de fato, inclusos na sociedade. Isso é um passo, mas ainda há muito o que se fazer. É preciso que as pessoas tenham o interesse em aprender libras espontaneamente”, considera.

Tatiana Baborsa é a mãe adotiva de Tamires é professora de libras na rede municipal de ensino de Três Lagoas. Adotá-la foi a prova de reiterar a missão que acredita ter em dar voz aos mudos e surdos. “Eu posso acompanhar minha filha em todos os locais que sei que não possui um intérprete. Mas e quem não tem? O interesse em conhecer libras deve ser coletivo e não individual”, afirmou.

A central possui inicialmente apenas uma interprete em tempo integral. Outros 20 interpretes estão cadastrados na central e servirão voluntariamente para atender em casos emergenciais. Uma escola bilíngue com ensinamento em libras é a nova luta da comunidade surda de Três Lagoas e a grande aposta da administração municipal.

A população surda em Três Lagoas é de aproximadamente 200 pessoas. O serviço da central já está funcionando e o agendamento também pode ser feito por quem não é surdo e que deseja a presença de um intérprete em seu estabelecimento comercial para atender um deficiente auditivo

Na prática

Na prática, a central vai funcionar assim: o surdo que tenha por exemplo uma consulta médica ele vem até aqui e faz o agendamento antecipado pessoalmente. Mas, que também pode ser feito por chamada de vídeo no WhatsApp. Depois, na data marcada, o intérprete irá acompanhá-lo em seu compromisso e auxiliar no diálogo entre o surdo e o médico.

A Central de Interpretação de Libras atende na rua Elmano Soares, 670, no Centro. No mesmo local, funciona a Casa de Conselhos.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13