Rádios On-line
7928

Cesp doa área para construção de hospital universitário

Doação da área foi aprovada por unanimidade pelo conselho deliberativo da Cesp

24 AGO 2012 - 07h:49Por Cláudio Pereira

O conselho deliberativo da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) aprovou a doação de 27 hectares para a construção da Faculdade de Medicina e do Hospital Regional, em Três Lagoas. A vice-governadora Simone Tebet (PMDB) recebeu, nessa quarta-feira, o documento aprovado por unanimidade pelo conselho.

Ela informou que o próximo passo será providenciar a escritura da área que será doada à União, pois a faculdade será construída com recursos do Ministério da Educação (MEC). Ainda está sendo definido se parte da área em que será construído o hospital também será doada ao governo federal ou ao Estado, uma vez que o dinheiro para a construção da unidade será contrapartida do governo estadual.

A área que abrigará a faculdade e o hospital fica localizada nas imediações da BR-262, em frente ao Campus II da UFMS. Apesar de outros locais terem sido cogitados, a comissão técnica formada por profissionais da UFMS aprovou-a como a melhor para abrigar esses empreendimentos, já que fica em um local estratégico. “A área é extremamente adequada para a composição do curso de medicina e outros futuros cursos na área de saúde, bem como para a implantação do hospital universitário”, destacou o vice-reitor da UFMS, João Ricardo Filgueiras Tognini, durante visita ao local no mês passado.

O diretor do Campus da UFMS de Três Lagoas, José Antônio Menoni, ao saber da aprovação da área, considerou-a positiva, já que haveria condições da ampliação do local com a instalação de novos cursos. Após o processo da doação, a Prefeitura deverá contratar uma empresa para elaborar o projeto arquitetônico do empreendimento.

Segundo o vice-reitor, a parte física da faculdade foi orçada em R$ 14 milhões e a de custeio com funcionários algo nesse valor também. Já o hospital universitário será construído pelo governo do Estado e foi orçado em R$ 20 milhões. O recurso faz parte do montante de mais de R$ 1 bilhão que serão destinados a Mato Grosso do Sul, através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A Assembleia Legislativa aprovou e o governador André Puccinelli (PMDB) sancionou ontem a lei que autoriza o governo a contratar o empréstimo.

A vice-governadora acredita que o governo do Estado pode assinar a ordem de licitação do hospital ainda neste ano. O hospital terá 100 leitos para atendimento de alta e média complexidade. Já o curso de medicina será iniciado com 60 vagas. As inscrições devem ser abertas no próximo ano e as aulas têm previsão para começar em 2014.

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300