Rádios On-line
SHOW DE PRÊMIOS TONHÃO
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE

Cesp doa área para construção de hospital universitário

Doação da área foi aprovada por unanimidade pelo conselho deliberativo da Cesp

24 AGO 2012 - 07h:49Por Cláudio Pereira

O conselho deliberativo da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) aprovou a doação de 27 hectares para a construção da Faculdade de Medicina e do Hospital Regional, em Três Lagoas. A vice-governadora Simone Tebet (PMDB) recebeu, nessa quarta-feira, o documento aprovado por unanimidade pelo conselho.

Ela informou que o próximo passo será providenciar a escritura da área que será doada à União, pois a faculdade será construída com recursos do Ministério da Educação (MEC). Ainda está sendo definido se parte da área em que será construído o hospital também será doada ao governo federal ou ao Estado, uma vez que o dinheiro para a construção da unidade será contrapartida do governo estadual.

A área que abrigará a faculdade e o hospital fica localizada nas imediações da BR-262, em frente ao Campus II da UFMS. Apesar de outros locais terem sido cogitados, a comissão técnica formada por profissionais da UFMS aprovou-a como a melhor para abrigar esses empreendimentos, já que fica em um local estratégico. “A área é extremamente adequada para a composição do curso de medicina e outros futuros cursos na área de saúde, bem como para a implantação do hospital universitário”, destacou o vice-reitor da UFMS, João Ricardo Filgueiras Tognini, durante visita ao local no mês passado.

O diretor do Campus da UFMS de Três Lagoas, José Antônio Menoni, ao saber da aprovação da área, considerou-a positiva, já que haveria condições da ampliação do local com a instalação de novos cursos. Após o processo da doação, a Prefeitura deverá contratar uma empresa para elaborar o projeto arquitetônico do empreendimento.

Segundo o vice-reitor, a parte física da faculdade foi orçada em R$ 14 milhões e a de custeio com funcionários algo nesse valor também. Já o hospital universitário será construído pelo governo do Estado e foi orçado em R$ 20 milhões. O recurso faz parte do montante de mais de R$ 1 bilhão que serão destinados a Mato Grosso do Sul, através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A Assembleia Legislativa aprovou e o governador André Puccinelli (PMDB) sancionou ontem a lei que autoriza o governo a contratar o empréstimo.

A vice-governadora acredita que o governo do Estado pode assinar a ordem de licitação do hospital ainda neste ano. O hospital terá 100 leitos para atendimento de alta e média complexidade. Já o curso de medicina será iniciado com 60 vagas. As inscrições devem ser abertas no próximo ano e as aulas têm previsão para começar em 2014.

Deixe seu Comentário

Mailson Interna RCN

TVC Canal 13