Rádios On-line
ILEGALIDADE

Chegada de novos trabalhadores aumenta número de taxistas clandestinos

Segundo denúncia da Associação dos Taxistas, existem de 10 a 15 pessoas exercendo a profissão ilegalmente na cidade

26 ABR 2016 - 19h:27Por Ana Cristina Santos

A chegada de novos trabalhadores em Três Lagoas tem ocasionado um aumento de pessoas trabalhando como taxistas clandestinos na cidade. A denúncia é da Associação dos Taxistas de Três Lagoas.

Segundo o presidente da associação, Laucídio Antônio de Queiroz, existem de 10 a 15 pessoas exercendo a profissão ilegalmente na cidade. O problema, segundo ele, não é de agora, no entanto, tinha reduzido o número de clandestinos, porém com o aumento de trabalhadores na cidade, a prática voltou.

Essas pessoas, de acordo com o presidente da associação, ficam nas proximidades dos hotéis e alojamentos onde os trabalhadores estão hospedados.  “Com esse fluxo de trabalhadores na cidade, aumenta os clandestinos”, ressaltou.

Essa situação ocorreu com muita frequência durante as obras de construção da fábrica de fertilizantes da Petrobras, quando muitos trabalhadores estavam na cidade. “E, agora, eles estão chegando com mais força ainda, infelizmente. Nós estamos anotando as placas e entregando na Secretaria de Trânsito aguardando que providências sejam tomadas”, destacou.

O secretário de Trânsito, Milton Gomes Silveira, disse que a fiscalização não é tão simples, já que é difícil flagrar os clandestinos transportando passageiros. “Só poderíamos autuar em casos de flagrante. Já orientamos que a Associação dos Taxistas procure a delegacia para fazer uma representação contra os clandestinos, assim eles seriam chamados para prestar esclarecimentos e poderiam responder por contravenção penal, e exercício ilegal da profissão”, explicou o secretário.

 Ainda assim, Silveira disse que já encaminhou uma lista com a relação dos clandestinos para o delegado de Polícia Civil para que providências sejam tomadas.

 

Deixe seu Comentário