Rádios On-line
nova estrela mobile
CORONAVÍRUS

Cloroquina some das farmácias de Três Lagoas

Medicamento é testado em pacientes com coronavírus que estão em estado grave

26 MAR 2020 - 10h:20Por Gisele Mendes

Desde que a cloroquina, usada no tratamento contra a malária, lúpus e artrite reumatoide, passou a ser testada em pacientes de coronavírus, em estado grave, o medicamento sumiu das prateleiras de farmácias de Três Lagoas e tem prejudicado quem realmente precisa. Isso porque, muita gente passou a comprar a substância como forma preventiva em casos de ser diagnosticada com a doença. 

De acordo com o farmacêutico, Olentino Queiroz, a compra indiscriminada do remédio zerou o estoque das farmácias. Agora, os comerciantes têm se esbarrado na dificuldade em adquirir o produto, visto que até mesmo os fornecedores não tem mais.

“As pessoas não devem fazer isso, em hipótese alguma. Neste momento, é preciso ter calma e paciência e confiar nas autoridades competentes que buscam, incansavelmente, por um medicamento eficaz contra a Covid-19”, explicou.

A cloroquina passou a ser utilizada por médicos da França e da China e se mostrou eficaz no tratamento da Covid-19, porém, ainda está em fase de testes e, apesar da melhora nos quadros mais sérios, ainda não há comprovação científica que prove sua eficácia.

O medicamento também será utilizado no Brasil. Nesta quarta-feira (25), o Ministério da Saúde anunciou que vai liberar 3,4 milhões de unidades de cloroquina para pacientes com coronavíris, que estão em estado grave. Contudo, destacou que a cloroquina e sua variante hidroxicloroquina são drogas experimentais e que podem causar sério danos a saúde de quem não precisa. Portanto, o uso sem prescrição médica não deve ser feito.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13