Rádios On-line
11593
Nova Estrela 0603
SAúDE

Com 11 vítimas, Saúde quer vacinar 10 mil pessoas contra gripe no ‘Dia D’

Três Lagoas é a único município do Estado com registro de duas mortes por gripe Influenza tipo H1N1 apenas neste ano

4 MAI 2019 - 08h:36Por Tatiane Simon

A Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas pretende imunizar 10 mil pessoas somente neste sábado, durante o Dia “D” de Mobilização Nacional da campanha de vacinação contra a gripe. A meta é vacinar 25.430 moradores que fazem parte dos grupos prioritários. A pasta, no entanto, parece estar bem distante de alcançar o número, já que, até o momento, menos de 20% da população foi vacinada na cidade.

Para a ação de hoje, todas as unidades de saúde, incluindo o CEM (Centro de Especialidades Médicas) estarão de portas abertas das 8h às 17h vacinando a população que integra os grupos prioritários. Ao todo, serão 16 unidades de saúde e mais dois “pontos móveis”, que são a feira livre e a Clínica do Idoso. Na feira, a imunização tem horário diferenciado e encerra às 11h.

A campanha, que começou no dia 10 de abril e segue até o dia 31 deste mês, imuniza seis grupos: crianças com 6 meses a 6 anos incompletos; gestantes; puérperas; idosos; trabalhadores da saúde e da educação.
A vacina é do tipo tetravalente e protege contra os dois tipos da Influenza A (H1N1 e H3N2) e contra o vírus da Influenza B.

MAIS VÍTIMAS

De acordo com o último relatório divulgado pela pasta nesta semana, Três Lagoas soma 11 casos positivos de gripe Influenza A H1N1, incluindo os dois óbitos. Deste total, são 9 adultos (sete homens e duas mulheres) e duas crianças (um menino de 4 anos e uma menina de 12).  Dois homens morreram vítimas  do vírus. O primeiro, de 48 anos, faleceu no último dia 24, no Hospital Cassems. Quatro dia depois, um idoso de 83 anos morreu no Hospital Auxiliadora, onde estava internado. O Setor de Vigilância deve apurar se alguma das vítimas que pertence aos grupos prioritários foram imunizadas.

FILAS

Até o início desta semana, o número de vítimas por gripe Influenza A H1N1 em Três Lagoas era 8. Com o salto de mais três casos e a confirmação de mais uma morte, longas filas têm se formado diariamente nas portas das unidades de saúde da cidade. O problema é que a distribuição das doses da vacina tem hora para começar e para acabar. 

PREVENÇÃO

Além da vacina contra a gripe, é importante que as pessoas adotem hábitos saudáveis de higiene e de prevenção de contágio. Como: não compartilhar alimentos ou objetos pessoais; lavar as mãos com água e sabão com frequência, principalmente ao sair ou chegar em casa ou no local de trabalho; cobrir a boca e o nariz com um lenço descartável ao tossir ou espirrar; e usar, de preferência e se for possível, o álcool gel na higienização das mãos.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13