Rádios On-line
11350
Nova Estrela 0603
DIA MUNDIAL DA HIPERTENSÃO

Com 12 mil hipertensos, Saúde de Três Lagoas alerta para importância de hábitos saudáveis

Dia Mundial da Hipertensão Arterial é lembrado nesta sexta-feira (17)

17 MAI 2019 - 07h:30Por Tatiane Simon

A doença de hipertensão arterial atinge, atualmente, 11,8 mil moradores de Três Lagoas, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde. Esta fatia da população recebe atendimento médico e remédios gratuitamente através do programa municipal Hiperdia. 

De acordo com a enfermeira e coordenadora da Unidade de Saúde do Jupiá, em Três Lagoas, Rafaela Horta, a hipertensão arterial configura como o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares que mais matam no Brasil: infarto e acidente vascular cerebral (AVC). Além dos problemas renais.

Segundo dados do Ministério da Saúde, a pressão alta (PA) chega a afetar 30 milhões de brasileiros adultos, em uma proporção de um a cada quatro. Com números tão alarmantes, não só aqui, mas em todo o mundo, fez-se necessária a institucionalização do Dia Mundial da Hipertensão, em 17 de maio.

Na infância

Chamada pelos médicos de "inimigo oculto" dos adultos e idosos, por sua ação silenciosa, a doença tem se tornado mais preocupante ao atingir, cada vez mais, os jovens. Atualmente, estima-se que a hipertensão já atinja três milhões de crianças e adolescentes dos 3 aos 18 anos de idade, no país.  

Para a Horta, o aumento exponencial de crianças hipertensas pode ser explicado pelo crescimento da obesidade e do sedentarismo. "Crianças precisam brincar e é brincar em movimento. Precisam manter uma alimentação nutritiva e saudável, longe dos chamados 'fast foods'. Os adutos devem ser os espelhos e, para isso, não fumar, não beber, ter rotina alimentar e de atividade física", pontua. 

De acordo com as recomendações das diretrizes brasileiras e internacionais a pressão arterial deve ser medida em crianças a partir dos três anos de idade, a fim de detectar precocemente a elevação da mesma.

A doença

A hipertensão arterial é uma doença crônica determinada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.  A doença é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca.

Para a prevenção da doença, o Ministério da Saúde recomenda que a população adote alguns hábitos saudáveis, como a prática de atividade física regular e uma alimentação com baixo teor de sal. Para o tratamento, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde e pelo programa Farmácia Popular. Para retirar os remédios, é preciso apresentar um documento de identidade com foto, CPF e receita médica dentro do prazo de validade, que são 120 dias.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13