Rádios On-line
GUERRA

Com casos de dengue, chikungunya e Zika confirmados, prefeitura cria comitê de combate ao Aedes aegypti

Três Lagoas já registrou neste ano mais de mil casos de pessoas contaminadas pelo inseto

18 ABR 2016 - 17h:27Por Ana Cristina Santos

Do início do ano até agora, Três Lagoas registrou 1.014 casos notificados de dengue. Desse total, 530 foram confirmados através de exames laboratoriais. A cidade também contabiliza cinco casos confirmados do zika vírus. Dois deles em gestantes. Ainda tem quatro gestantes sendo monitoradas aguardando resultado.

Em relação ao chikungunya, há três casos notificados e um confirmado. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde, divulgados na semana passada. Por isso, a prefeitura da cidade criou um comitê técnico de combate ao mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir dengue, chikungunya e Zika.

O comitê foi criado por meio de decreto publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial do Município. O comitê, vinculado ao Departamento de Vigilância e Saneamento, conta com representantes da Secretaria Municipal de Saúde, e terá como atribuições e responsabilidades, atuar no planejamento e organização de serviços, acompanhamento e avaliação das ações de combate e prevenção da epidemia de dengue, chikungunya ,com ênfase para a febre Zika devido aos casos de microcefalia registrados no país.

Ao comitê, caberá ainda propor estudos que subsidiem a implantação e execução de projetos educativos, preventivo e assistencial, e ações de caráter emergencial, além de colaborar na elaboração do plano de contingência ao mosquito. Também caberá ao comitê, planejar e realizar campanha de mobilização contra a dengue, entre outras atribuições.

Desde o início do ano, a Secretaria de Saúde conta com a parceria do Exército no combate ao mosquito. No período de 12 de janeiro a 6 de março, foram coletados 156 toneladas de criadouros do mosquito da dengue.

Deixe seu Comentário