Definir Três Lagoas como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8515
Prefeitura PROREME 10 a 3011

Comerciantes esperam bom Natal de vendas

Os administradores dos grandes magazines da cidade também acreditam na potencialidade local

28 NOV 2008 - 07h:20Por Redação

Há pouco menos de um mês para a chegada do Natal, os comerciantes já começam a se preparar para a data mais esperada do ano para o setor varejista. Nem mesmo a recessão norte-americana, que atinge a Europa e Ásia, e que poderia afetar o Brasil, diminui o otimismo dos lojistas. O décimo terceiro, somado ao bom índice de empregos, em Três Lagoas quase 95%, reduzem para zero esta preocupação.
Antonio Donizete Lemes, gerente da Tecidos Três Lagoas, aposta em alta e acredita que as vendas devam crescer até 50%, quando comparadas ao mês de novembro, e, de, 10% a 15% em relação a dezembro do ano passado. “Aumentamos em 30% nosso estoque e o quadro de funcionários para a época de Natal. Esperamos um bom crescimento nas vendas de final de ano. Após o dia 30 de novembro as pessoas devem receber o décimo terceiro e isto aquecerá as vendas”, exalta.
Os administradores dos grandes magazines da cidade também acreditam na potencialidade local. O gerente da filial de uma grande rede na cidade faz coro à expectativa para o aumento nas vendas do varejo. A loja que ele gerencia trabalha com 38 funcionários, mas para o mês de dezembro já contratou mais 10 funcionários. “Esperamos que as vendas cresçam. Novembro foi bom, mas dezembro é um mês especial. A nossa meta é esvaziar os estoques, tanto é que aumentamos o nosso quadro de trabalhadores”, comenta.
Durante este ano, o crescimento econômico nacional foi latente e culminou com o fortalecimento do mercado interno. Levadas em consideração tais razões, o resultado não poderia ser outro: otimismo para as vendas de final de ano. “Acredito em bons negócios e crescimento, tanto é que vou abrir uma nova loja nos próximos dias. Tenho fé de que teremos um excelente dezembro. Aposto no mercado de Três Lagoas e vamos trabalhar bastante neste final de ano”, ressalta José Roberto Baravelli (Beto), proprietário da Center Modas.
Giane Fiorussi, proprietária da Mirage, salienta que as incertezas trouxeram receios aos comerciantes, mas que mesmo com todo alarde e exacerbações televisivas, apostou mais em crescimento do que em recessão e espera colher os frutos. “Investi em pessoal e estoque, agora espero pelo o retorno. Até o momento as vendas não cresceram, mas com a primeira parcela do décimo terceiro previsto para estes dias, acredito no aquecimento das vendas”, salienta Giane.

AUTOMÓVEIS


Os donos de concessionárias de veículos também acreditam em bons negócios. Os juros voltando a patamares mais razoáveis e o incentivo do governo para o setor só poderá ratificar o crescimento de mercado. Também existe uma outra oportunidade de renda para as empresas que oferecem serviços automotivos, a revisão. “Antes de ir viajar, as pessoas fazem revisão nos carros e isso é um aditivo econômico para as concessionárias”, comenta Samira Fayad, proprietária da Comercial Fayad.
Samira também acredita em maior volume nas vendas. “Muita gente usa o décimo terceiro para trocar de carro ou para dar a entrada financeira em um automóvel novo. Quanto maior for a entra menor é a taxa de juros. O ano foi excelente e continuamos otimistas. A expectativa é positiva”, completa.  

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864