Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Comerciantes fazem manifestação em apoio à greve de caminhoneiros

Estabelecimentos comerciais fecharam duas horas mais cedo nesta quinta-feira

24 MAI 2018 - 16h:36Por Ana Cristina Santos

Boa parte dos estabelecimentos comerciais de Três Lagoas fechou as portas duas horas mais cedo nesta quinta-feira (24), em apoio à greve nacional dos caminhoneiros que chega ao quarto dia.

O comércio de Três Lagoas funciona até às 17h, mas nesta quinta-feira as lojas fecharam as portas às 15h.Depois se concentraram na praça Senador Ramez Tebet, onde discursaram contra a alta carga tributária e preço dos combustíveis.

De acordo com a presidente da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas, Gláucia Jarouche, os empresários “não aguentam mais a carga tributária do país”. Ela destacou que os comerciantes aproveitaram para se solidarizar com a greve nacional dos caminhoneiros e mostrar que os empresários também não concordam com o preço dos combustíveis, entre outras questões como a corrupção no Brasil.

O diretor-secretário do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul (Sinpetro), Márcio Hirade, disse que a política de preços adotada pela Petrobras afeta diretamente os postos de combustíveis. “Nós só repassamos o que é repassado”, disse.

Hirade comentou ainda que as manifestações já estão surtindo efeito. No entanto, é preciso que, além do governo federal, segundo ele, o estadual, também redução a alíquota do ICMS sobre os combustíveis.


Deixe seu Comentário