Rádios On-line
SHOW DE PRÊMIOS TONHÃO
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
CAGED

Comércio fecha maio com saldo positivo na geração de emprego

A indústria foi o setor que mais demitiu em maio, foram 224 vagas de emprego fechados

4 JUL 2020 - 09h:18Por Ana Cristina Santos

Três Lagoas encerrou maio com saldo negativo na geração de empregos. O município admitiu 859 trabalhadores e demitiu 1.106- saldo negativo de 247 postos de trabalho fechados.

A indústria foi o setor que mais demitiu em maio, foram 224 vagas de emprego fechadas, seguida pelo setor de serviços que encerrou com menos 91 postos de trabalho. A agropecuário teve saldo negativo de menos 18 vagas.

O comércio foi o único setor que fechou com saldo positivo na geração de empregos. Em maio, o setor fechou com saldo positivo de 86 novas vagas abertas.

O número de postos de trabalho fechados em maio, no entanto, é menor do que em abril, quando 914 vagas de empregos foram fechadas em Três Lagoas.

O saldo negativo na geração de empregos na cidade é reflexo da pandemia da Covid-19.  Três Lagoas começou janeiro com saldo positivo de 162 novas vagas abertas. 

Em fevereiro, foram 488 novos postos de trabalho criado, mas a partir da pandemia, os reflexos negativos na geração de empregos foram inevitáveis também no município. Em março, foram menos 359 vagas. Em abril, o número de demissões foi elevado, mas em maio já apresentou redução, assim como em todo o Estado e no país.

Apesar de registrar saldo negativo em 1.992 empregos, Mato Grosso do Sul confirma a tendência de desaceleração do número de demissões. O índice apresenta uma melhora quando comparado ao mês anterior, a diferença entre admissões e desligamentos em abril foi de 6.992 demissões.

Em maio foram admitidos 11.187 trabalhadores em MS, enquanto em abril o número de contratados era de 9.497. Já o número de pessoas desligadas do trabalho caiu de 16.489 em abril para 13.179 em maio.  

 

Deixe seu Comentário

Mailson Interna RCN

TVC Canal 13