Rádios On-line
8937
Pantanal Mobile

Construção da Ponte sobre o rio Paraná proporciona a realização de várias ações

17 SET 2012 - 09h:57Por Divulgação

Visando minimizar qualquer impacto ambiental e social devido à construção da ponte sobre o rio Paraná, 13 projetos socioambientais acontecem em Três Lagoas e Castilho (SP) paralelo àexecução do empreendimento. As ações fazem parte do projeto G- Pontes, que é desenvolvido pelo Programa de Comunicação Social do Instituto Tecnológico de Transporte e Infraestrutura (ITTI) daUniversidade Federal do Paraná, em parceria entre o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT).


De acordo com a articuladora de comunicação do projeto em Três Lagoas, Gislene Almeida, nesse mês de setembro o foco do projeto será a campanha de conscientização ambiental “Setembro sem Lixo”, que será desenvolvida com a comunidade de Jupiá.

A campanha foi lançada na semana passada na Escola Maria de Lordes Lopes, onde foi realizada uma oficina de brinquedos, a qual contou com a participação dos alunos do segundo e terceiro ano. “Os alunos aprenderam a fazer diversos brinquedos com materiais recicláveis. As crianças gostaram muito”, destacou Gislene. A oficina contou com o apoio da Pastoral da Criança, entre outras empresas.

Segundo a articuladora de comunicação do G- Pontes, nesse mês serão desenvolvidas várias atividades com comunidades próximas à construção do empreendimento, bem como com os trabalhadores da obra, motoristas, estudantes e professores. “Vamos entregar panfletos aos caminhoneiros e orienta-los a não jogar lixos nas rodovias”, adiantou.

No dia 21 será realizada uma gincana com os estudantes da Escola da Escola Municipal Maria de Lourdes Lopes e no dia 28 com os alunos da Escola Municipal Youssef Kassab, de Castilho. Em Jupiá, a jornalista informou que será realizada a coleta de óleo usado. Os moradores devem levar o produto até o Centro de Educação Infantil do bairro. O óleo será utilizado na produção de detergente líquido, o qual será vendido para arrecadar recursos para a Festa da Primavera de Jupiá, que será realizada dia 28 de setembro.

Gislene Almeida ressaltou que o objetivo dessas ações é provocar na população a necessidade de se conscientizar sobre o problema do lixo na região, bem como se reutilizar, reciclar e diminuir a quantidade de lixo produzido.
 

Deixe seu Comentário

TVC

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO MOBILE