Rádios On-line

Coordenadoria de Transporte estuda legalização do aeroporto de Aparecida

Equipe da Coordenadoria esteve no município para inspeção da pista

9 FEV 2013 - 08h:54Por Redação

A Coordenadoria de Transporte Aéreo (CTA) da Secretaria de Obras e Transporte está analisando a homologação do aeroporto municipal de Aparecida do Taboado. Equipe da Coordenadoria esteve no município para inspeção da pista. 

O aeroporto de Aparecida do Taboado não tem registro na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e funciona clandestinamente. Por essa razão, é considerado inexistente para a Coordenação de Transporte Aéreo do Estado, o que impossibilita qualquer investimento de recursos públicos para sua operação. 

Outra questão é o abandono da área onde fica a pista. Devido a isso, há muito risco para pousos emergenciais e eventuais decolagens, em razão do matagal e da presença de animais soltos. Segundo o site Costa Leste News, a guarita, que não oferece nenhuma comodidade ou segurança, tem sido utilizada como ponto de encontro para uso de drogas e relações íntimas.

Preocupado com a situação e diante da necessidade de Aparecida do Taboado contar com um terminal aeroportuário, o prefeito Robinho Samara Almeida pediu para a Coordenação de Transporte Aéreo do Estado avaliar a área. “Agora que conhecemos o local, vamos fazer um levantamento para homologação da área junto à ANAC, a fim de que seja possível a obtenção da sigla ICAO e a solicitação de recursos junto ao governo federal e estadual para investimentos no aeroporto. Robinho quer transformar aquela área num verdadeiro aeroporto e tem o nosso apoio”, disse Fabrício Alves Correa, coordenador de transportes aéreos. No levantamento, constam as características e a dimensão do local.

Segundo Fabrício, o Estado possui recursos para que aeroporto tenha, inclusive, terminal de passageiro. “Nós levaremos de três a quatro meses para a homologação junto à ANAC e, depois, é só buscar os recursos”, disse o coordenador de Transportes Aéreos.

O prefeito disse que a legalização da área é uma de suas prioridades e quer viabilizar recursos para a pavimentação da pista e habilitá-la o terminal para operações diurnas e noturnas. Para a homologação, será necessária a construção de uma cerca de proteção, de uma guarita e de sinalização na pista.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13