Rádios On-line
9288
Nova Estrela 0603
LUTO NA UFMS

Corpo de professora universitária é levado para enterro em Campo Grande

Ana Lúcia Espíndola estava internada havia uma semana, após aneurisma cerebral

12 MAI 2019 - 08h:49Por Valdecir Cremon

Será enterrado hoje, em Campo Grande, o corpo da professora universitária Ana Lúcia Espíndola, que morreu na tarde deste sábado (11), no Hospital Auxiliadora, de Três Lagoas. Ela estava internada desde o início da semana, após ter sofrido um aneurisma cerebral.

Analu, como era conhecida, tinha 53 anos, morava em Três Lagoas e tinha um filho de 15 anos. O enterro em Campo Grande foi um pedido de familiares.

Ela trabalhava como professora de Sociologia havia 30 anos na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Três Lagoas, e como doutora em cursos de mestrado em Corumbá e Campo Grande.

A morte dela foi comunicada por meio de postagens de professores e amigos, em redes sociais, e lamentada pela direção do campus da universidade de Três Lagoas em nota assinada pelo diretor Osmar de Jesus Macedo.

Veja a nota:

"Ana Lúcia Espindola uma docente que trabalhou com muito amor e dedicou sua vida profissional em defesa da educação. Uma pesquisadora admirável que contribuiu com a formação de inúmeros  pedagogos. Ana deixa um exemplo de determinação profissional e de pessoa. Muito querida na UFMS e vai nos deixar muitas saudades. Manifestamos eterna gratidão pelos seus ensinamentos."

*Reportagem editada às 9h33 (MS) para correção de informações.


 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13