Rádios On-line
8663
Prefeitura Animais Peçonhentos
ECONOMIA

Cresce em 13% número de profissionais que deixaram a informalidade em Três Lagoas

Maioria dos microempreendedores individuais tem estabelecimento fixo

8 DEZ 2017 - 07h:02Por Tatiane Simon

Continua crescendo o número de profissionais que estão deixando a informalidade através do programa de Microempreendedor Individual em Três Lagoas. De acordo com dados do Portal do Empreendedor, atualmente, são 5.362 profissionais formalizados atuando no município. Desse total, 636 entre janeiro e dezembro deste ano, o que corresponde a um aumento de 13,4%.

O levantamento apontou ainda que a maioria dos microempreendedores individuais possui de 31 a 40 anos – são 1.705 profissionais nessa faixa etária. Em segundo lugar aparecem os jovens entre 21 a 30 anos (1.274 profissionais) e pessoas entre 41 e 50 anos (1.263 profissionais).

Os dados mostram também que 51% tem estabelecimento fixo; outros 29% atuam de porta em porta e 6%, pela internet.

Os setores que mais engrossam as estatísticas, de acordo com o Sebrae, são os de comércio varejista de artigos de vestuário e calçados, seguido pelas áreas de construção civil (pedreiro), serviços de alimentação aparecem em terceiro lugar e em quarto os bares. 

Em toda a região da Costa Leste, incluindo dados de Três Lagoas, são mais de 11,9 mil microempreendedores individuais atuando. Depois de Três Lagoas, Paranaíba é a cidade da região da Costa Leste com maior número de MEIs, 1.580 até dezembro. A cidade é seguida por Cassilândia, com 1.154 profissionais formalizados através do programa. Depois aparecem Chapadão do Sul e Bataguassu, com 1.064 e 885 MEIs. Aparecida do Taboado contava com 789 profissionais formalizados até este mês.

Benefícios

Os principais benefícios em tornar-se um MEI, destacado pelo Sebrae, são cobertura previdenciária, menor custo com funcionário, isenção de taxas de registro, sem burocracia para sair da ilegalidade, acesso a serviços bancários (inclusive crédito e financiamento), vantagens em poder comprar e vender juntamente a outras empresas, menos tributos, cobrança unificada e barata, emissão de alvará pela Internet, possibilidade de vender para o governo, apoio técnico do Sebrae e segurança jurídica.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864