Rádios On-line
ESPECIAL DE NATAL

O que as crianças realmente querem de Natal? Veja as cartinhas feitas por três-lagoenses

Entre os pedidos dos pequenos estão: cura de doenças, liberdade e saúde aos familiares

25 DEZ 2017 - 11h:02Por Tatiane Simon

Você já parou para pensar o que as crianças realmente querem ganhar neste Natal? Em uma época em que pais e mães trabalham praticamente o dia inteiro fora e o consumismo parece estar tão presente em nossas vidas, o JPNEWS perguntou a três crianças, moradoras de Três Lagoas, o que elas gostariam de ganhar do Papai Noel. As respostas fogem do materialismo e surpreendem com tamanha doçura, sensibilidade e até servem como um verdadeiro "puxão de orelha" aos adultos, preocupados com trabalho e bens materiais.

Anna Lyvia B. Nicolau Olmos segurando a cartinha.
Foto: Arquivo Pessoal

A primeira delas foi a pequena Anna Lyvia Barbosa Nicolau Olmos, que em sua cartinha ao bom velhinho não pediu boneca e nenhum outro tipo de brinquedo. Pediu que ele presenteasse os pais e irmãozinho dela com saúde. “Papai Noel, esse ano não vou pedir brinquedos. Quero muita saúde para meu irmãozinho Miguel, papai, mamãe, avós e toda minha família. Desejo muita paz para o mundo”, escreveu.

 As irmãs Letícia do Prado Ferreira Capelari (4) e Lara Capelari Tavares Araújo (10) também encantaram com suas respostas. A caçula emocionou, inclusive, a mãe quando desenhou o pedido. “Quando ela me entregou não entendi do que se tratava, mas quando ela começou a explicar, tive tanto orgulho dela”, conta a mãe, Danielle Capelari. “A Lelê não sabe escrever, então desenhou. O significado do desejo dela é que todos tenham liberdade, que sejam livres para ir onde queiram e ser como bem entendem. Não é lindo?”, complementa. 

As filhas Lara e Letícia com a mãe, Danielle.
Foto: Arquivo Pessoal

A mais velha, Lara, emociona com os pedidos: a cura de todos os doentes, lar aos desabrigados, família aos animais de rua e a paz entre os homens. 

Na carta de Lara, ela escreve: “Olá, Papai Noel! Eu queria muito que o senhor curasse as pessoas doentes, achasse um lar e uma família para as pessoas que moram na rua, dar donos para os animais abandonados e, se possível, a paz mundial”.

As três cartinhas feitas por Lara (à esq.),  Anna Lyvia (centro) e Letícia (à dir.). Foto: Tatiane Simon/JPNEWS

Deixe seu Comentário