Rádios On-line
EM 2018

Curso de Medicina da UFMS de Três Lagoas suspende ingresso de novos alunos

Decisão levou em conta receio de enfrentar dificuldades para estágio dos acadêmicos na cidade

25 JAN 2018 - 13h:00Por Tatiane Simon

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) campus de Três Lagoas suspendeu o ingresso de novos alunos para o curso de Medicina neste ano. A decisão é do reitor da instituição, Marcelo Turine. De acordo com o diretor do campus, Osmar Jesus Macedo, o motivo é “por receio de enfrentar, novamente, dificuldades em conseguir um espaço para aulas práticas referentes ao ensino da parte clínica-hospitalar, fundamental à formação médica, durante o período de estágio dos acadêmicos”, afirmou.

Segundo ele, a assinatura do convênio, em dezembro passado, que firma condições para estágio de 44 alunos que iniciam, em 2018, o 5º ano do curso no Hospital Auxiliadora, será somente para este ano, sem garantias de renovação. “Se em 2019 sentirmos que haverá dificuldades em conseguir estágio para os alunos na cidade, vamos suspender o ingresso de novos alunos, para o próximo ano, mais uma vez”, complementa.

O ingresso em cursos de graduação na UFMS é feito de duas formas: vestibular de Verão ou por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) com a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste ano, conforme Macedo, a universidade não disponibilizou vagas para o curso de Medicina em nenhum dos dois processos seletivos.

O vestibular foi realizado em todos os campi da instituição e para Três Lagoas foram ofertadas 202 vagas em 15 cursos (Administração, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito – noturno e integral – Enfermagem, Engenharia de Produção, Geografia, História, Letras - português/espanhol, Letras - português/inglês, Letras - português/literatura, Matemática, Pedagogia e Sistemas de Informação). O número representa 30% do total de vagas de cada curso.

As demais vagas (483) serão preenchidas com inscrições do Sisu. “Somente as unidades de Campo Grande e Três Lagoas possuem o curso de Medicina. Como o campus daqui não abrirá vagas para novos alunos, então, os estudantes devem tentar vaga pela UFMS da capital”, esclarece. 

Deixe seu Comentário