Rádios On-line
8991
LÍNGUA MÃE

Curso ensina português para imigrantes

Haitianos são maioria dos imigrantes em Três Lagoas, segundo a prefeitura

29 SET 2019 - 10h:00Por Ana Cristina Santos

Apenas seis municípios de Mato Grosso do Sul têm convênio com o Estado para tratar de gestão migratória. Corumbá é o mais avançado na questão. E dos 79 municípios do Estado, Três Lagoas é a única cidade  que possui curso permanente de português para imigrantes.

Essas e outras informações fazem parte do Perfil dos Municípios Brasileiros (Munic) 2018, que traz dados sobre recursos humanos, legislação e instrumentos de planejamento, educação, cultura, saúde, assistência social, segurança alimentar, trabalho e inclusão produtiva, políticas para mulheres e instrumentos de gestão migratória. Os dados foram divulgados nesta semana pelo IBGE.

De acordo com o diretor do Departamento de Cultura de Três Lagoas, Rodrigo Fernandes, várias ações foram desenvolvidas na cidade a partir da chegada de imigrantes no município. 

Atualmente, o maior número de imigrantes em Três Lagoas, segundo Rodrigo, é composto por haitianos. No entanto, o município abriga sírios, libaneses, chineses, cingaleses, entre outros. Rodrigo acredita que a cidade tenha cerca de quatro mil imigrantes que chegaram ao município nos últimos anos, alguns em busca de novas oportunidades, outros refugiados.

PESQUISA 
As cidades que possuem convênio com o Estado para gestão migratória são: Bela Vista, Corumbá, Dourados, Nioaque, Porto Murtinho e São Gabriel do Oeste. Destes, apenas Dourados mantém convênio com a União.

Campo Grande, Maracaju, Sidrolândia, Dourados e Corumbá têm abrigos para acolhimento de refugiados e imigrantes. Corumbá e Japorã possuem atendentes com domínio de línguas para recepção de estrangeiros. Em São Gabriel do Oeste, Porto Murtinho e Corumbá também é dado atendimento a imigrantes.

Anastácio, Campo Grande, Dourados e Ribas do Rio Pardo possuem centros de apoio a refugiados.  Alcinópolis, Nova Alvorada do Sul, Itaquiraí, Japorã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo e Terenos mantém formação e capacitação continuada a estrangeiros. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13