Rádios On-line
9198
CBN AÇÃO 2019 PAULO VICENTE
DECISÃO

De volta a soldado

Leia a coluna Observatório da edição do Jornal do Povo deste sábado (19)

19 OUT 2019 - 07h:33Por Redação

CRISE NO PSL
É quase certo que Jair Bolsonaro saia do PSL nos próximos meses. Isso acontecendo, não poderá levar consigo grande parte dos deputados e senadores que foram eleitos na carona dele. Em Mato Grosso do Sul, a crise pode piorar ainda mais se ele, por exemplo, for para o Patriotas. Motivo: o partido não está nem um pouco interessado em receber bolsonaristas radicais.

PALAVRA DE TUCANO
O deputado estadual tucano, Felipe Orro, espera ver o PSDB apoiando a reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD), em Campo Grande. Diz que também espera ver colegas de partido cumprindo o que prometeram em 2018, quando Trad ajudou na reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

PATENTE
Decisão liminar do Tribunal de Justiça do Estado anulou a promoção à graduação de primeiro sargento da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, do militar Adriano César Rodrigues, o sargento Rodrigues, que agora volta a ser soldado. Adriano é vereador em Três Lagoas e saiu candidato com o nome de “Sargento Rodrigues”, como é conhecido na cidade. 

REVERTER
Adriano César destacou que trata-se ainda de uma decisão liminar, pois o mérito ainda será julgado. Disse que nos próximos dias deve sair o resultado do recurso que apresentou e a graduação deve ser restabelecida.

NA JUSTIÇA
Sargento Rodrigues explicou que essa situação tramita na Justiça desde 2005, quando conseguiu entrar na polícia por meio de decisão judicial, já que foi aprovado no concurso público em 2002, porém o governo não chamou vários aprovados. Depois, abriu outro concurso sem convocar os aprovados. Cerca de 300 policiais no Estado estão na mesma situação.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13