Rádios On-line

Deptran realiza campanha junto a taxistas e mototaxistas

Cerca de 250 profissionais estão recebendo orientações sobre as leis de trânsito

23 JAN 2013 - 08h:12Por Arthur Freire/JP

O Departamento Municipal de Trânsito (Deptran) de Três Lagoas, neste início de ano, está focado no trabalho junto a 50 taxistas e 200 mototaxistas cadastrados no órgão. De acordo com o diretor do Deptran, Flávio Milanez Thomé, o objetivo desta campanha é conscientizar estes 250 condutores sobre as leis de trânsito, além de tentar inibir os clandestinos.

Além disso, no início do ano letivo, os agentes retornam a campanha de conscientização sobre a faixa de pedestre, interrompida com as férias escolares. O foco é orientar motoristas e pedestres para que respeitem a faixa de pedestre na travessia das ruas. O início do trabalho foi no último semestre do ano passado em algumas escolas da área central. Os agentes de trânsito abordaram pedestres para que eles atravessassem no local correto, evitando assim acidentes. Já os motoristas foram orientados para que respeitem o espaço específico das pessoas que atravessam as vias a pé. O valor da multa para o motorista que não respeitar a faixa de pedestre é de R$ 191,53 e sete pontos na carteira de habilitação. 

O departamento também vai reforçar a sinalização de solo no município como: pintura de faixa de pedestres, lombadas, além da instalação e conserto de placas de trânsito. “O grande problema em relação às placas é o ato de vandalismo”, informou Thomé. E continuou: “se o Deptran não precisasse gastar com a manutenção de placas danificadas por vândalos seria possível investir em sinalizações de novas áreas”, observou.  Segundo ele, o órgão não tem um levantamento de quanto se gasta por mês com reposição de placas.

Conforme Thomé, atualmente, a sinalização com placas de nome de ruas não é competência do Deptran, porém, a direção pretende assumir este trabalho. “A cidade cresceu, hoje, é habitada por milhares de pessoas que vieram de outras cidades e se sentem perdidas em relação à sinalização de ruas”, informou.

Balanço
Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), até dezembro de 2012, o município tinha registrado 61.697 veículos com placas de Três Lagoas. No ranking nacional é a 194º cidade em número de carros e motos circulando pelas ruas e avenidas.

Na opinião do diretor do Deptran, o trânsito no município como nas demais localidades do Brasil ainda é muito violento. Entretanto, em Três Lagoas, o número de acidentes vem caindo. Em 2011, o trânsito matou 34 pessoas, já no ano passado caiu para 29 vítimas fatais. “Na maior parte dos acidentes com mortes o problema é falha humana”, explicou Thomé.

Em 2012, os agentes do departamento autuaram 2.642 motoristas no perímetro urbano. Segundo informações do Deptran, as infrações mais cometidas pelos três-lagoenses são: não usar cinto de segurança; falar ao celular; e estacionar em local proibido. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13