Rádios On-line

Deptran vê com restrições proposta de faixa para motos

Projeto do senador Jorge Viana (PT-AC) foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania

15 DEZ 2012 - 08h:43Por Arthur Freire

Caso aprovado, muitos municípios brasileiros terão dificuldade em se adequarem ao projeto de lei que cria faixa exclusiva para circulação de motocicletas em vias de tráfego intenso em todo o Brasil. O projeto, de autoria do senador Jorge Viana (PT-AC) que propõe a mudança no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) foi aprovado nesta semana pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), do Senado.

Na avaliação da diretora do Departamento Municipal de Trânsito (Deptran) Creuza Ramos, a lei é boa, terá que ser feita uma ampla reestruturação no trânsito. Em Três Lagoas, por exemplo, será necessário criar uma faixa exclusiva em ruas estreitas ou em vielas. “Acredito que serão necessárias algumas exceções”, disse.

Outro detalhe, segundo Creuza, é que para criar faixa exclusiva para o tráfego de motocicletas existe a necessidade de estreitar as vias. Essa atitude reflete-se na área destinada ao estacionamento. “Uma rua com estacionamento nas duas laterais passará a contar com este benefício somente em uma lateral. Estacionar em Três Lagoas, hoje, já é um problema”, pontuou.

Conforme a diretora, esta lei é positiva para localidades onde ruas e avenidas estão sendo projetadas. “Já reestruturar o trânsito é mais complicado. É algo que exige estudo e tempo”.

Embora, para se tornar lei federal, o projeto já tenha sido aprovado nesta semana pelo CCJ, precisa ainda ser aprovado pelo Plenário do Senado e Câmara dos Deputados.

Se sansionada, a lei iria contribuir para a redução do número de acidentes envolvendo motociclistas. Em Três Lagoas, neste ano, foram registradas 22 mortes no perímetro urbano. Desse total, pelo menos 10 eram motociclistas.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13