Rádios On-line
9288
Nova Estrela 0603
VAGA

Desemprego em Três Lagoas gera disputa de 10x1 em supermercado

Processo de seleção para contratação de funcionários teve 3.000 inscrições; inauguração de filial está marcada para julho

11 MAI 2019 - 07h:20Por Ana Cristina Santos

Três mil pessoas se inscreveram para concorrer a uma das 300 vagas de emprego abertas pelo hipermercado Atacadão, previsto para ser inaugurado em Três Lagoas em julho. O número equivale a 10 pessoas em disputa para cada vaga. Os candidatos formaram fila, nesta semana, no Centro Juvenil da Missão Salesiana, no bairro Vila Piloto, para participar do processo de seleção.

Pâmela Santana, de 19 anos, enfrentou a fila. Ela está desempregada há seis meses e se disse confiante para obter uma oportunidade. O assistente administrativo Ildes de Souza Chaves também está na expectativa de voltar ao mercado de trabalho por meio do hipermercado. Por isso, passou quase toda a manhã de terça-feira na fila.

De acordo com Sadi Silva, da Missão Salesiana, a quantidade não era esperada - reflexo do desemprego no país. Segundo dados do IBGE, o Brasil tem 13 milhões de desempregados. Em Três Lagoas, a situação não é diferente. O levantamento de março do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego, mostrou que o município fechou mais postos de trabalho do que abriu.

Em março, empresas da cidade contrataram 938 e demitiram 985 trabalhadores - saldo negativo de 47 vagas. O único setor que fechou o mês com saldo de empregos positivo foi o de serviços. No acumulado do ano, no entanto, Três Lagoas tem saldo positivo de empregos com carteira assinada, com 167 novos postos de trabalho.

FILIAL
A filial do supermercado que pertence ao grupo francês Carrefour está em construção em uma área da avenida Ranulpho Marques Leal, a rodovia BR-262, onde funcionou a empresa Triaço. O investimento para a instalação na cidade é de R$ 50 milhões.  As obras foram iniciadas em março deste ano. 

O diretor de expansão da rede, Rodrigo Torres, disse durante reunião com o prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB), em fevereiro, que a empresa será concorrente do mercado local e que o grupo vai instalar a unidade “para somar e atender consumidores no ramo alimentício da cidade”.

Nesta semana, o Departamento de Agronegócio e Desenvolvimento Rural do Município se reuniu com produtores agrícolas para expor e intermediar o interesse do Atacadão em adquirir hortifrútis produzidos por meio do Programa Agricultura Familiar.

*Reportagem editada às 15h15 (MS) para correção de informação.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13