Rádios On-line
PROFISSÃO PERIGO

Diminui violência contra jornalistas em 2019

Queda não representa aumento da segurança, segundo entidades que acompanham números pelo mundo

25 JAN 2020 - 10h:31Por Valdecir Cremon

Apesar de ser elevado e preocupante para a classe e a liberdade de imprensa em nível mundial, caiu o número de jornalistas durante o trabalho, em 2019. Recente balanço anual, publicado pela ONG Repórteres Sem Fronteiras apresentou o ranking de jornalistas vítimas de violência. 

No levantamento, é registrada uma queda no número de profissionais assassinados, sendo 49 em 2019 e 80 em 2018, sendo assim, o menor número nas últimas 16 edições do estudo. Já o balanço de profissionais presos arbitrariamente segue em crescimento, atingindo 389 jornalistas condenados até o final do ano passado.

Para Guliver Leão, presidente da Fenaert (Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão), é importantíssimo reconhecer a importância do relatório e seus dados, pois, por meio destes, pode-se aprimorar e garantir formas seguras de informar a população. 

A queda, contudo, não representa aumento da segurança e, sim, manifesta preocupação com relatos de prisões arbitrárias e sustenta que atacar o profissional de imprensa é adentrar no direito da sociedade em receber notícias.
O novo relatório traz dados referentes ao período entre janeiro e dezembro de 2019 e é realizado desde 1995 pela Repórteres Sem Fronteiras.

MÉXICO É PERIGOSO

Segundo a ONG, a América Latina se tornou local tão “letal” quanto o Oriente Médio, com 14 mortes. Foram 10 óbitos apenas no México.

Só neste ano, três jornalistas foram assassinados no Iraque - país que vive novo conflito internacional. No Brasil houve registro de 280 ataques a jornalistas e a empresas de comunicação no ano passado. O radialista Robson Giorno, de 48 anos, foi morto a tiros, na porta da casa onde morava, em Maricá (RJ), em maio de 2019. Ele fazia cobertura do noticiário de política da cidade e apurava casos de corrupção. 

A Polícia Civil da cidade concluiu o inquérito sem apontar o autor do crime.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13