Rádios On-line

Diplomação dos eleitos será na sede do Cartório Eleitoral

Prefeita Márcia Moura e vereadores serão diplomados na terça-feira

13 DEZ 2012 - 08h:45Por Redação

A diplomação da prefeita Márcia Moura (PMDB), do vice-prefeito Luiz Akira e dos 17 vereadores eleitos e reeleitos acontecerá na próxima terça-feira (18), às 18h, na sede do Cartório Eleitoral de Três Lagoas. Na eleição passada, a diplomação aconteceu no anfiteatro da Faculdade AEMS. Neste ano, porém, o juiz substituto decidiu fazer a diplomação na própria sede do Cartório Eleitoral.

Na ocasião, também serão diplomados 12 suplentes de vereadores. São dois suplentes por coligação ou partido que tem esse direito à diplomação. Em razão de o espaço do cartório ser pequeno, o ato será restrito aos convocados.

No mesmo dia e local, só que às 16h, acontecerá a diplomação dos vereadores eleitos e reeleitos de Selvíria, assim como dos suplentes. Também será diplomado o prefeito eleito Jaime Soares Ferreira (PMN) e o vice Gilson Alves de Souza (PDT). Mesmos os dois tendo sido cassados pela Justiça Eleitoral local, eles participam da solenidade. Segundo a responsável pelo Cartório da 9ª Zona Eleitoral, Vanessa Barroso, a diplomação de ambos ocorrerá porque ainda não houve uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre essa situação.

“Eles recorreram ao TRE e ainda não houve uma decisão sobre o recurso que apresentaram. Se o Tribunal tivesse mantido a decisão da juíza local, eles não seriam diplomados”, explicou Vanessa. Caso a sentença seja mantida nas duas instâncias, mesmo cabendo recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quem assumiria a Prefeitura de Selvíria no dia 1º de janeiro é o segundo colocado nas eleições, Adalberto Aparecido Kauas, o doutor Beto (PMDB).

De acordo com Vanessa Barroso, caso se confirme a cassação em segunda instância, o segundo colocado assumiria porque o candidato eleito teve menos de 50% dos votos. “Só teria uma nova eleição se ele tivesse recebido mais do que 50% dos votos. Nesse caso, é convocado o segundo colocado”, informou.

Jaime venceu o pleito com 2.350 votos (49,8%) contra 1.946 do peemedebista (41,24%). Entre as denúncias que motivaram a decisão da magistrada na cassação dele, do vice e do atual prefeito José Dodô da Rocha (PTB), estão abuso de poder econômico e contratação de servidores comissionados para atuar na campanha eleitoral deste ano.

CONTAS
De acordo com informações do Cartório da 51ª zona eleitoral, a prefeita Márcia Moura assim como os demais candidatos que disputaram o pleito deste ano tiveram as prestações de contas aprovadas pela Justiça Eleitoral.

CAMPO GRANDE
Por outro lado, a juíza eleitoral, Eliane de Freitas Lima Vicente, acatou a manifestação do Ministério Público Eleitoral e reprovou a prestação de contas de campanha do prefeito eleito de Campo Grande, deputado estadual Alcides Bernal (PP). A decisão é do dia oito de dezembro, mas foi publicada na edição do Diário Oficial da Justiça Eleitoral nessa terça-feira
A assessoria de Bernal esclareceu que a prestação de contas de sua campanha foi entregue dentro do prazo e de acordo com a legislação vigente. Segundo a nota, a juíza não questionou os números apresentados, mas uma formalidade que não interfere na lisura do processo eleitoral de 2012. “Não houve nenhum tipo de ilegalidade. Espero que uma mera formalidade não acabe se transformando em um julgamento político”, declarou Alcides Bernal, que já entrou com recurso junto ao TRE-MS.

De acordo com Bernal, a decisão não impedirá a sua diplomação, marcada para o próximo dia 18, já que não houve julgamento em órgão colegiado. “Tenho certeza de que irá prevalecer a vontade dos mais de 270 mil eleitores que depositaram nas urnas sua confiança no nosso trabalho”, comentou Bernal.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13