Rádios On-line
CRIME AMBIENTAL

Dona de sítio é multada em R$ 8,7 mil por exploração e armazenamento de madeira

Toras de madeira foram apreendidas pela PMA, durante fiscalização

8 FEV 2021 - 09h:30Por Kelly Martins

Policiais Ambientais de Três Lagoas realizavam fiscalização ambiental em áreas rurais do município e verificaram que a proprietária de um sítio estava derrubando árvores e serrando a madeira ilegalmente. Além disso, armazenava o material na propriedade, que fica na região conhecida como Batuíra, às margens da rodovia MS-320. A mulher, de 55 anos, mora em Três Lagoas e foi multada em R$ 8,7 mil pelo crime ambiental, no sábado (6).

A equipe da PMA encontrou madeira de diversas espécies que era explorada em formato de toras de grande porte, sem a documentação ambiental. Os policiais apreenderam 29,11 m³ de madeira para a qual não havia o Documento de Origem Florestal (DOF). O DOF é o documento do órgão ambiental para se ter em depósito, beneficiar ou transportar qualquer produto florestal.

Ela também responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário