Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
DEGRADAÇÃO

Donos de carreta tanque são multados em R$ 110 mil por crime ambiental

Vinte e dois mil litros de etanol vazaram para dentro do córrego do Moeda, nesta terça

12 FEV 2020 - 13h:42Por Valdecir Cremon

A empresa dona de uma carreta tanque de transporte de combustíveis, que se envolveu em um acidente com uma carreta de transporte de máquinas, nesta terça-feira (11), na rodovia BR-158, foi multada em R$ 110 mil pela PMA (Polícia Militar Ambiental), de Três Lagoas, por crime ambiental culposo (sem intenção), além de ser obrigada a recuperar a vegetação próxima ao córrego do Moeda que foi afetada pelo derramamento de 22 mil litros de etanol. 

Segundo a PMA, a empresa, que é de Maracaju, deve realizar a "contenção do produto que ainda estava ao solo, para que não escorresse ao córrego", apresentar estudo dos danos ao solo e da área afetada, além da descontaminação e recuperação do local.

O combustível era transportado em um dos dois tanques da carreta, que foi atingida pelo veículo que viajava de Brasilândia para Três Lagoas. O tráfego no local foi interrompido desde o acidente, com previsão de liberação da pista no final da tarde desta quarta. Não houve feridos.

No total havia 44 mil litros de etanol na carreta. 

Nota da PMA afirma que "os responsáveis pela empresa poderão responder por crime ambiental de poluição na forma culposa e poderão pegar pena de seis meses a ano de detenção". A reportagem não localizou os donos da empresa até esta publicação.

O Corpo de Bombeiros trabalhou no local desde o acidente, com apoio da PMA e da Polícia Rodoviária Federal. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13