Rádios On-line
9196
CBN AÇÃO 2019 PAULO VICENTE
NOVEMBRO AZUL

Dor ao urinar é alerta para risco câncer de próstata

Urologista explica que, além de dor, sangue também indica perigo

3 NOV 2019 - 08h:00Por Tatiane Simon

Ter dor ou sangramento ao urinar podem indicar sinais de risco do câncer de próstata entre os homens.  Estes sintomas, segundo o urologista Guilherme Munhoz, pode indicar que o câncer esteja em um estágio avançado. “Em fase inicial da doença, geralmente, não apresenta sintomas aparentes. Isso ressalta a importância do rastreamento precoce levando às maiores chances de cura”, explica.

De acordo com o especialista, em estágios mais avançados do câncer, o homem pode ter, inclusive, dores nos ossos. 

A detecção precoce do câncer é uma estratégia para encontrar o tumor em fase inicial e, assim, possibilitar melhor chance de tratamento. Principalmente quando se trata do câncer de próstata, em que, segundo Munhoz, estudos mais recentes não conseguem apontar relação entre hábitos saudáveis e a prevenção à doença. “Muitas pesquisas têm sido feitas relacionando fatores ligados às dietas e de hábitos de vida, porém nada foi identificado. Ao contrário, por exemplo, da relação entre o câncer de pele e a exposição ao sol, em que quanto mais se evita e usa protetor solar, menores são as chances de ter o câncer”.

Conforme o urologista, não há uma forma de prevenção, mas sim de rastrear. “O rastreamento é feito com o intuito de descobrir o mais precoce possível e de otimizar as taxas de cura do câncer”.

PREVENÇÃO

A detecção pode ser feita por meio da investigação, com exames clínicos  ou com o uso de exames periódicos em pessoas sem sintomas, o chamado rastreamento, mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença. No caso do câncer de próstata, esses exames são o toque retal e o exame de sangue para avaliar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13