Rádios On-line
9098
Nova Estrela 0603

Elektro diz que chuvas e ventos são culpados pelos apagões

Explicações foram dadas durante seminário organizado pela empresa

9 NOV 2012 - 14h:15Por Arthur Freire

A Elektro realizou o “Seminário de Eficiência Energética” na manhã de quinta-feira, para clientes empresariais no Hotel OT Três Lagoas. Os objetivos do seminário foram de informar sobre os aspectos do suprimento de energia elétrica nos próximos anos e, as orientações sobre ganhos com a eficiência energética, no contexto das perspectivas da economia brasileira.

Palestraram o Gerente Executivo de Relacionamento com Clientes Marcos Braun, que fez a apresentação institucional, a Gerente de Relacionamento Personalizado com Clientes Marcela Ramos, que apresentou a palestra “Grandes Clientes - Elektro” e o Engenheiro Julian Vilella, especialista em eficiência energética.

Após as palestras iniciais, que destacaram a relação entre a empresa e os clientes, o Engenheiro Julian expôs como utilizar a energia elétrica de forma correta, evitando desperdícios e melhorando o aproveitamento, com vistas à sustentabilidade do planeta.

Segundo Julian, o desafio é minimizar as perdas, utilizando equipamentos que gastem menos energia, assim como obtenham um melhor aproveitamento desta. Como exemplificou com a lâmpada incandescente, da qual ela é péssima do ponto de vista energético, com rendimento de apenas 8% da energia utilizada. Já as lâmpadas fluorescentes consomem menos energia, transformando 32% da energia que utiliza em luz. “Prédios modernos, com aparelhos mais novos consomem menos energia, sendo muito melhor para a sustentabilidade e economia”, disse.

Apagões

A reportagem do JP conversou com Luiz Fausto Rodrigues, Consultor Institucional da Elektro para as regiões de Três Lagoas e Andradina, sobre os recentes apagões que estão atingindo a cidade.

S
egundo o consultor, as fortes chuvas e vendavais dos últimos dois meses foram determinantes para as constantes quedas de energia, fazendo com que a empresa tenha de atender várias solicitações de reparo na rede. Luiz Fausto também afirmou que os galhos de árvores causam diversos problemas à rede de transmissão, causando curto circuito, que deixam bairros inteiros sem energia elétrica durante o tempo do reparo. “Segundo o Código de Postura, a árvore é de responsabilidade municipal. A Elektro realiza apenas a poda técnica quando solicitada”, declarou Luiz Fausto.

O problema das árvores aumentou em 2012 pelo fato da Elektro deixar de realizar a poda preventiva, em virtude de problemas judiciais. “Realizávamos a poda preventiva, que é uma poda técnica, sem compromisso ornamental. Alguns moradores reclamaram e entraram na justiça. Por isso podamos apenas as árvores que estejam causando problemas na rede”, justificou o consultor, que também afirmou que a função dos eletricistas é trabalhar a rede elétrica, não cuidar da estética das árvores.

Luiz Fausto orientou para quando as pessoas realizarem a poda ornamental, a chamarem a Elektro solicitando apoio para eliminar os riscos de acidente.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13