Rádios On-line
PREOCUPANTE

Em 37 dias, Três Lagoas registra 1,2 mil casos de dengue

No acumulado deste ano, 2,4 mil casos suspeitos da doença foram registrados na cidade

13 DEZ 2018 - 06h:20Por Ana Cristina Santos

Três Lagoas passa por um surto de dengue, e já está na eminência de entrar em estado de epidemia da doença. Do início do ano até agora, o município já contabilizou 2.443 casos suspeitos da doença. Desse total, 652 foram confirmados como positivos e mil negativos.

Nos últimos dias os casos de dengue aumentaram consideravelmente se comparado ao número de registro do ano todo. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta semana pela Secretaria Municipal de Saúde, em setembro, foram notificados 101 casos suspeitos; em outubro, 176; em novembro, 1.039; e, em dezembro, 202.

Três Lagoas lidera a lista dos municípios de Mato Grosso do Sul com alta incidência de dengue. E a única morte pela doença no Estado foi registrada em Três Lagoas, no dia 4 deste mês. A vítima foi um garoto de 14 anos morador do bairro Paranapungá. Outro adolescente da mesma idade foi internado na semana passada com dengue hemorrágica.

“Pelos resultados das últimas quatro semanas, temos que dizer que vivemos numa situação de alerta no enfrentamento e monitoramento da dengue. Por isso, decidimos tomar medidas emergenciais de enfrentamento e controle da doença”, destacou a secretária de Saúde, Maria Angelina Zuque.

No início desta semana uma reunião extraordinária foi realizada pelo Comitê Municipal de Monitoramento e Combate à Dengue para definir estratégias de ação contra o mosquito.

Uma das ações realizadas é o bloqueio químico, a borrifação com o carro “fumacê”, que foi intensificada nos últimos dias.

Além das ações do poder público, a secretária de Saúde ressalta que é necessária a participação de todos os moradores no combate ao mosquito, já que 92% dos criadouros estão em locais onde as pessoas residem ou trabalham.

Deixe seu Comentário