Rádios On-line
PESQUISA

Em maio, salário mínimo ideal subiu para R$ 5.351,11, segundo Dieese

O aumento está de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos feita pelo Dieese

11 JUN 2021 - 09h:00Por Daiana Oliveira

De acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o salário mínimo ideal subiu para R$ 5.351,11 em maio de 2021. Em abril, o valor havia sido de R$ 5.330,69.

O mínimo ideal do mês é quase cinco vezes superior ao piso nacional vigente, de R$ 1.100. Para chegar ao valor, o órgão calcula o gasto necessário para sustento de uma família de quatro pessoas, considerando dois adultos e duas crianças, com base na cesta de alimentos mais cara do país.

TRÊS LAGOAS

Em Três Lagoas, a última pesquisa de preço realizada pelo Procon com itens da Cesta Básica, realizada em maio, identificou a carne bovina como o produto mais alto entre os 29 produtos que compõem a cesta.

A carne bovina apresentou uma variação de até R$ 12,34 por quilo e uma diferença percentual de 40,26%.

Se a cesta fosse montada com todos os produtos da pesquisa que apresentaram o menor preço, entre os sete estabelecimentos analisados, ela atingiria o valor de R$ 206.02.

Entre abril e maio de 2021, o custo médio da cesta básica de alimentos aumentou em 14 das 17 cidades analisadas. Em Campo Grande, segundo pesquisa do Dieese, houve queda no preço da Cesta Básica de Alimentos, de 1,92% no mês passado.

 

Deixe seu Comentário